Pesquisar este blog

2 de mai de 2017

L'Acqua di Fiori Urban Code e Urban Code Neo - Avaliações


De forma geral eu vejo que o portfólio masculino de perfumaria da L'acqua di Fiori é muito mais próximo ao que vemos na perfumaria clássica, um misto de composições mais fougeres e amadeiradas, ao estilo dos anos 80, e de composições mais frescas e quase esportivas, algo mais predominante nos anos 90 em diante. Urban Code e seu flanker Urban Code Neo são dois integrantes da coleção da L'Acqua que quebram essa predominância e trazem a marca para uma tendência muito mais próxima do que vemos atualmente na perfumaria.

Apesar de ter sido feito em 2007 Urban Code continua sendo um perfume que poderia ter sido lançado nesse ano visto que composições orientais especiadas andam em alta. De certa forma, ele é um oriental especiado light, algo original em sua evolução olfativa mas que parece se moldar entre o aroma de um Armani Code e de um Mont Blanc Presence. Seu aroma faz um contraste entre especiarias quentes e especiarias frescas colocando uma canela quente e com toques frutados contra a refrescância picante, mentolada e levemente cítrica do gengibre e cardamomo. A coumarina atua de forma secundária, reforçando o lado mais oriental da composição com uma doçura calculada que se mistura ao aroma de ambar, musk e sândalo. É interessante como Urban Code consegue ser quente e presente e ao mesmo tempo quase sem peso em seu aroma. Um tipo de presença que pode enganar e parecer que não projeta mas que exala forte em um ambiente quente.

A versão Neo de Urban Code vai pelo caminho especiado porém prevalece mais o aspecto fresco das especiarias e uma troca do contexto oriental para um caminho mais amadeirado e aromático. Neo também parece bem contemporâneo com o uso de sintéticos que emulam o cheiro de madeiras secas e sugerem ao mesmo tempo um aroma esfumaçado de tabaco. Esse lado é usado de forma mais moderada, conferindo fixação para a fragrância e sustentando o aspecto mais aromático de um corpo que quase chega a remeter a lavanda e gerânio, emulando por alguns momentos um lado mais fougere, uma espécie de releitura desse lado clássico da perfumaria masculina. O uso proeminente da pimenta rosa e da noz moscada é que torna Urban Code Neo bem contemporâneo, dando um aspecto picante, levemente doce e bem fresco a saída da composição. Assim como seu irmão, Urban Code Neo tem uma boa presença e duração, levando-se em conta que ambos tenham sido aplicados de acordo com as características individuais de cada um (no meu caso, como com vários perfumes, ambos funcionam bem se borrifados de forma generosa).