Pesquisar este blog

3 de mar de 2017

Art de Parfum Sensual Oud e Signature Wild - Fragrance Reviews


Português (click for english version):

Criada recentemente, em 2016, a marca Art de Parfum já chega em um mercado onde a competição é bem grande e a atenção do consumidor se dispersa facilmente. É um momento onde você certamente não pode se dar ao luxo de ser muito exótico em todas suas criações nem muito conservador em seu portfólio. E talvez consciente desse aspecto complexo e complicado Ruta Degutyte, sua fundadora, tenha construído uma marca que não é tão simples de ser definida.

Perceba que a marca se lançou ao mercado com uma coleção de perfumes para atingir um público diversificado, mas mantendo a seleção a 5 para não diluir demais a identidade num primeiro momento. Ruta busca oferecer luxo, mas um que seja acessível, e oferecer criações com uma sofisticação francesa, mas é possível perceber que sua definição de tal sofisticação está claramente arraigada na perfumaria contemporânea. O que acaba definindo de forma mais forte a marca é sua vontade de fazer uma perfumaria que seja livre de crueldade com animais mas sem ser desinteressante.

Essa essência da Art de Parfum é levada para os perfumes também. Em Sensual Oud a marca deixa bem claro o que muitas outras concorrentes acabam omitindo, o fato de que seu agarwood é uma criação baseado em outras essências, um acorde construído para remeter ao original. O motivo é não utilizar uma matéria-prima que possa ser proveniente de fornecedores que exploram indiscriminadamente a madeira, contribuindo assim para o aumento do seu risco de extinção. Sensual Oud está dentro do que o mercado tem ditado para agarwood, preocupando-se mais com os detalhes e em oferecer uma execução harmônica e coerente do começo ao fim. Sensual Oud trás um acorde de agarwood que é amadeirado e ambarado, uma aura que envolve a composição do começo ao fim. A rosa possui a aura típica da composição, mais adocicada e licorosa e acompanhada de toques especiados. Sensual Oud trás um leve e rápido frescor cítrico e uma doçura secundária que trás um pouco mais de dimensão a dinâmica mais linear do oud e da rosa.

Signature Wild, por sua vez, já é um integrante da coleção mais arriscado e multifacetado. É uma composição que funciona pelo ajuste fino entre seu acorde couro, acorde animálico, acorde amadeirado, acorde lactônico e acorde alcoólico. Signature wild abre com um aroma encorpado, espesso e licoroso envolto em um aroma lactônico que remete a coco. Em segundo plano, é possível perceber a parte que faz a alusão ao aspecto selvagem da composição: um aroma de couro um pouco emborrachado e um aroma oleoso e animálico que parece proveniente de um acorde sintético de castóreum e musks. Conforme Signature Wild evolui na pele, mostra um lado mais domesticado, um aroma amadeirado confortável que parece girar em torno de uma interpretação do aroma do vetiver.

English:

Recently created in 2016, the Art de Parfum brand already arrives in a market where the competition is very large and the attention of the consumer disperses easily. It is a time where you certainly can not afford to be too exotic in all your creations nor very conservative in your portfolio. And perhaps aware of this complex and complicated aspect Ruta Degutyte, its founder, has built a brand that is not so simple to be defined.

Note that the brand was launched to the market with a collection of perfumes to reach a diverse audience, but keeping the selection to five compositions in order to not to dilute the identity at first. Ruta seeks to offer luxury, but one that is affordable, and offer creations with a French sophistication, but it is possible to realize that its definition of such sophistication is clearly rooted in contemporary perfumery. What ends up defining the brand more strongly is its desire to make a perfumery that is free of cruelty to animals but without being uninteresting.

This essence of Art de Parfum is taken to the perfumes as well. In Sensual Oud the brand makes it very clear what many other competitors end up omitting, the fact that its agarwood is a creation based on other essences, a accord built to resemble the original. The reason is not to use a raw material that may come from suppliers who indiscriminately explore the wood, thereby contributing to the increased risk of extinction. Sensual Oud is within what the market dictates for agarwood, worrying more about the details and delivering a harmonic and coherent execution from start to finish. Sensual Oud brings an agarwood accord that is woody and amber, an aura that surrounds the composition from beginning to end. The rose has the typical aura of composition, more sweet and boozy and it's accompanied by spicy touches. Sensual Oud brings a light and short-living citrus freshness and a secondary sweetness that brings a little more dimension to the more linear dynamics of oud and rose.


Signature Wild, meanwhile, is already a member more risky and multifaceted in the collection. It is a composition that works by fine tuning between its leather chord, animal chord, woody chord, lactonic chord and alcoholic chord. Signature wild opens with a full-bodied, thick and licorious aroma wrapped in a lactonic aroma that sends to coconut. In the background, one can see the part that alludes to the wild aspect of the composition: a slightly rubbery leather scent and an oily, animaly aroma that seems to come from a synthetic accordion of castóreum and musks. As Signature Wild evolves on the skin, it shows a more tamed side, a comfortable woody scent that seems to revolve around an interpretation of the aroma of vetiver.