Pesquisar este blog

20 de nov de 2016

Givenchy Very Irresistible For Men - Fragrance Review


Português (click for english version):

Quando esse perfume surgiu e eu o testei eu não tinha percebido que há algo de bem interessante na proposta e no resultado final e acabei o deixando de lado por uma nota que me incomodava. Testando-o recentemente na fita me senti intrigado e desejoso de voltar ao seu aroma para compreendê-lo.

Lançado em 2005 com notas tipicamente Gourmands, Very Irresistible tenta aliar originalidade com frescor e apelo clássico. Se hoje parece que vemos d forma mais recorrente perfumes gourmands e com aceitação do consumidor masculino, olhando 10 anos atrás eu vejo que poucos saíram com essa proposta e o número dos que são dessa época e permaneceram no mercado são ainda menores. Very Irresistible Men infelizmente não faz parte desse grupo.

Acho que talvez um dos principais motivos é que apesar de seu perfume gourmand realmente ter um toque de originalidade o apelo clássico e o frescor não lhe dão uma personalidade impactante - pelo contrário, criam uma criatura mista para um público que em geral busca padrões e fica na sua zona de conforto. É uma pena, pois o resultado é interessante.

Very Irresistible Men cria um gourmand alternativo, que não depende de notas doces para passar uma textura gustativa. Isso é feito principalmente por uma combinação que alude ao aroma/sabor mais negro das avelãs, ao aspecto torrado do café e ao aroma salgado das sementes gergelim, que reforçam o lado torrado com uma certa crocância. Para balancear isso e não ser algo muito inovador/desafiador para as massas, Very Irresistible Men trás um frescor cítrico e levemente mentolado que parece transposto de um perfume aquático. Hoje tenho quase certeza que o aroma que me remetia a ovo e que aparecia de vez em quando na pele é um uso bem equilibrado de calone para conver o frescor.

Ao mesmo tempo, ele cria uma estrutura secundária entre um musk e um fougere amadeirado para aludir ao aspecto clássico da proposta. Como tudo aqui é feito buscando a harmonia e não a dissonância, esse choque de propostas passa batido - pense, quantos gourmands não adocicados misturam isso a um teor aquático e a uma modernização de uma base fougere clássica? Bem poucos. É uma espécie de ousadia calculada que a princípio não parece difícil de vender mas que na prática acaba sendo esquecida em meio a outros perfumes com uma identidade mais definida. É uma pena, pois seu resultado final mostra que é possível combinar mundos de aromas que são totalmente opostos em suas características.

English:

 When this scent came up and I tested it, I had not realized that there was something very interesting about the proposal and the final result, and I left it aside for a note that bothered me. Testing it recently on a bottle made me felt puzzled and eager to get back to its scent to understand it.

Launched in 2005 with typically gourmands notes, Very Irresistible tries to combine originality with freshness and classic appeal. If today it seems that we see more recurring gourmands perfumes and with better acceptance of the masculine consumer, looking 10 years ago I see that few came away with this proposal and the number of those who are of that time and remained in the market are even smaller. Very Irresistible Men is unfortunately not part of this group.

I think perhaps one of the main reasons is that although its gourmand scent really does have a touch of originality the classic appeal and freshness do not give it an impactful personality - on the contrary, they create a mixed creature for an audience that usually seeks patterns and stays In its comfort zone. It's a shame because the result is interesting.

Very Irresistible Men creates an alternative gourmand, which does not rely on sweet notes to pass a gustative texture. This is mainly done by a combination that refers to the blackest aroma / flavor of the hazelnuts, the roasted coffee appearance and the salty aroma of the sesame seeds, which reinforce the roasted side with a certain crunchiness. To balance this and not be something very innovative / challenging for the masses, Very Irresistible Men brings a citrus freshness and lightly menthol that looks transposed from an aquatic scent. Today I'm pretty sure that the scent that remindes me egg and that appeared from time to time on the skin is a well balanced use of calone to convey freshness.

At the same time, it creates a secondary structure between a musk and a woody fougere to allude to the classic aspect of the proposal. Since everything here is done for harmony rather than dissonance, this clash of propositions is beaten - think, how many not sweet gourmands mix their proposes into an aquatic content and a modernization of a classical fougere base? Very few. It is a kind of calculated daring that at first does not seem difficult to sell but in practice ends up being forgotten among other perfumes with a more defined identity. It's a shame because its end result shows that it is possible to combine worlds of aromas that are totally opposite in their characteristics.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here