Pesquisar este blog

16 de nov de 2016

Amberfig EDT - Fragrance Review


Confesso que das 3 concentrações do especial da marca a concentração EDT foi a que mais me surpreendeu. Apesar da intensidade ser menor ela é bem harmônica e mais integrada do começo ao fim. É interessante pois nem sempre um conceito funciona melhor na concentração mais alta e de fato é o que acontece aqui.
As notas mais delicadas e verdes do figo possuem mais espaço para respirar e evoluir na pele e elas são apoiadas em uma saída que mescla um cítrico clássico com tons de um acorde verde, uma mistura de limão, tons de verbena e gálbano. Há ainda algo doce, porém de forma muitíssimo moderada, nada que leve o figo em uma direção gourmand nesse caso.

O perfume evolui para uma fase mais aromática mantendo ainda um certo quê frutal, com o figo saindo de cena e o pêssego aparecendo. Dessa vez faz mais sentido, o pêssego não dá uma cara gourmand aqui, acrescenta uma textura sedosa ao aspecto clean e fresco da lavanda e das ervas. Isso é conduzido para uma base amadeirada, almiscarada e com um âmbar bem menos denso e resinoso. Essa é certamente a concentração que preenche a necessidade/gosto por perfumes mais leves dentro da diversidade de gostos que o Brasileiro tem. E isso sem ir por um caminho simples ou funcional e com uma boa duração na pele (6-8 horas).