Pesquisar este blog

5 de out de 2016

Guerlain L'Art Et Matière Neroli Outrenoir - Fragrance Review


Português (click for english version):

A Guerlain é uma maison histórica interessante de se observar do ponto de vista dos lançamentos pois ela parece capturar em si própria muito do que se tornou o padrão no mercado: a necessidade de ter linhas exclusivas, o ritmo frenético de lançamentos, a tentativa de ter várias faces para vários públicos e a linha tênue entre o que realmente é comercial e é nicho. Isso aliás sempre esteve no DNA da linha L'Art Et Matière, com excelentes perfumes, sofisticados e modernos na sua abordagem mais direta de exploração de determinados materiais mas ainda sim criações que em muitos casos poderiam ser perfumes comerciais mais seletivos e premium. O Novo lançamento da marca nessa linha, Neroli Outrenoir, apenas exemplifica e confirma esse aspecto.

Eu nunca consegui comprar a ideia de perfumes de Neroli dentro de linhas exclusivas. Mesmo conhecendo que o absoluto de Neroli pode atingir um valor muito alto, o gosto desde os primórdios da perfumaria por perfumes cítricos levou ao longo do tempo ao desenvolvimento de bons acorde para essa flor, de forma que raramente um perfume exclusivo de Neroli soa muito espetacular em linhas exclusivas, apesar de sempre se mostrar um pouquinho mais refinado. Nessa composição, há uma tentativa da marca de torná-lo mais exclusivo e luxuoso com uma proposição de um jogo de contrastes entre a luminosidade floral do Neroli e uma base mais dark, onde o absoluto de chá preto têm um papel importante.

O fato é que na pele Neroli Outrenoir se mostra bem mais luminoso do que dark e ainda que agradável e multifacetado há pouco que realmente é acrescentado ao que já conhecemos da flor. Seu aroma abre dando ênfase ao aspecto mais suculento e verde da laranjeira, sem ser, porém, muito doce. Aos poucos ele abre espaço para um corpo floral onde o aroma mais limpo e cítrico do Neroli parece dividir espaço com uma flor de laranjeira mais carnal e toques de jasmim, sendo que esses dois últimos infelizmente são muito discretos e não trazem o perfume para um campo mais sensual e extravagante.

O que eu acho mais interessante em Neroli Outrenoir é que aos poucos aparece na pele uma espécie de acorde amadeirado que remete a lascas de madeira. Essa é a parte mais negra que você irá encontrar do perfume na pele, já que o aroma de chá preto se mostra mais discreto, algo com alguma terrosidade de patchouli e um aspecto sutil de resinas talvez, mas que só ganha vida quando a temperatura corporal esquenta para valer. Fora isso, permanece rente a pele e cria uma base de chá que parece mais adequada para um perfume da Bvlgari do que para um Guerlain.

No fim, como muitos dos perfumes da linha, eu me sinto dividido com relação ao seu cheiro. Eu gosto, é prazeroso de sentir até o fim, mas falta algo realmente emocionante e que me faz desejar um frasco. É um perfume que certamente agrada e pode gerar uma primeira venda, mas será que a combinação de aroma e preço é suficiente para gerar uma fidelização e impedir que sua passagem pela linha seja transitória? Eu sinceramente não sei.

English:

The Guerlain is an interesting historical maison to observed from the point of view of their releases because they seems to capture in themselves much of what has become the standard in the market: the need for exclusive lines, the frenetic pace of releases, trying to have several faces for different publics and the fragile line between what is really commercial and what is niche. This fact has always been in the DNA of the L'Art et Matière line, which has excellent perfumes, sophisticated and modern in its most direct approach to certain materials, but in many cases they are still creations that could be more in more selective or premium brands. The new launch in this line, Neroli Outrenoir only illustrates and confirms this aspect.

I could never buy the idea of a ​​Neroli perfume in exclusive lines. Even knowing that the absolute can reach a very high value, the taste since the beginning of perfumery for citrus scents led over time to the development of good accords of this flower so rarely a exclusive Neroli perfume sounds very spectacular in exclusive lines, although always they seem a little more refined. In this composition, there is an attempt of the brand to make it more exclusive and luxurious with a proposition for a game of contrasts between the brightness of the floral Neroli and a darker base where the absolute of black tea has an important role.

The fact is that  Neroli Outrenoir on skin shows to be much more brighter than dark and even that tough it's nice and multifaceted it doesn't really add much to what we already know of the flower. Its aroma opens emphasizing the juiciest aspect of orange and the green side of the leaves, without being, however, very sweet. Gradually its makes room for a floral body where the cleaner and citrus of Neroli seems to divide space with a more carnal orange blossom and jasmine touches, and these last two are unfortunately very discreet and do not bring the scent to a field more sensual and extravagant.

What I find most interesting in Neroli Outrenoir it is that  it slowly appears on the skin a kind of woody accord which reminds of pencil chips. This is the blackest part you will find of the scent on the skin as the black tea aroma shown more discreet, something with some patchouli earthiness and a subtle resinous aspect perhaps, but that only comes to life when the body temperature heats up considerably. Otherwise, it remains close to the skin and creates a base of tea that seems more suited for a Bvlgari perfume than for a Guerlain.

In the end, like many of the perfumes in this line, I feel divided regarding to its smell. I like, it is pleasurable to smell it until the end, but it is missing something really exciting that makes me want a bottle. It is a perfume that certainly pleases and can generate a first sale, but will the combination of aroma and price be enough to generate loyalty and prevent its passage through the line to be transitory? I sincerely do not know.