Pesquisar este blog

18 de jul de 2016

Hermès Rocabar - Fragrance Review



A Hermès é uma grife interessante com relação as demais quando se trata do mundo da perfumaria. Enquanto mesmo as mais clássicas se dobram na direção das tendências mais modernas e na tentativa de conseguir o dinheiro fácil do público jovem, a tradicional casa de artigos de couro mantém uma linha olfativa coerente, mais madura e com quase nenhum perfume fora de catálogo. Mesmo criações como Rocabar, de pouco destaque, mantém-se em produção e mostram o quão refinado é a oferta da Hermès tanto para o público masculino como para o feminino.

É interessante como o perfume é construído, um misto de chypre com oriental spicy seco e resinoso, algo capaz de passar uma sensação áspera e ao mesmo tempo aveludada, algo que me parece casar muito bem com a inspiração do tecido. Se você presta atenção no aroma rente a pele nota um cheiro que remete a chocolate meio amargo, de um patchouli muito sofisticado. O que projeta, entretanto, é um aroma que mistura cheiro de especiarias secas, frias e frescas, aroma de resinas, cítricos e cheiro  adstringentes e de ervas clássicas.

Rocabar pode parecer a princípio um perfume que some rapidamente na pele, mas se aplicado com maior generosidade é possível notar seu cheiro elegante formando uma aura sofisticada com nuances de musgo, madeira, especiarias e resinas. É o tipo de perfume que não busca chamar a atenção, que exala confiança, segurança e bom gosto.  Não é para muitos, mas casa muito bem com os que buscam esse tipo de elegância mais madura e sofisticada.

English:

Hermès is an interesting designer in comparison to the other ones when it comes to the world of perfumery. While even the most classic bend toward the latest trends and trying to get the easy money from the young audience, the traditional brand of leather goods maintains a consistent line  which is refined, more mature and with almost no perfume out of production. Even creations of little attention like  Rocabar  remains in production showing how refined is the offer of Hermès for both the male  and female audience.

It is interesting how the perfume is constructed, a mixture of chypre with a dry resinous and spicy oriental feeling, something able to transmit a rough  and at the same time velvety, texture something that seems to marry well with the inspiration of the tissue. If you watch the close aroma skin you notice a smell that brings to the mind a semisweet chocolate aroma, product of a very sophisticated patchouli. What projects, however, it is an aroma that mixes a smell of dry, cold and fresh spices, resins, citrus and  an astringent smell of classic herbs.

Rocabar may seem at first a scent that disappears quickly into the skin, but if applied with greater generosity is possible to notice its sleek smell forming a sophisticated aura with shades of moss, wood, spices and resins. It's the kind of perfume that does not seek to attract attention, that exudes confidence, security and good taste. Not for many, but matches very well with those who seek this kind of more mature and sophisticated elegance.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here