Pesquisar este blog

10 de jul de 2016

Armani Acqua di Gió Essenza - Fragrance Review


Português (click for english version):

É certo que estar entre os pioneiros a explorar uma tendência olfativa é um risco - principalmente pois o que se imagina poder cair no gosto do público talvez seja algo muito inovador no momento em que foi lançado. Porém, se a aposta é acertada ganha-se a vantagem de se trabalhar em terras novas e desenvolver algo que se tornará o modelo a ser seguido/copiado. Foi o que aconteceu com o perfume Acqua di Gió, que apesar de não ser o primeiro perfume aquático ainda sim foi um dos que explorou a tendência logo no começo e acertou na combinação do frescor aquático com o toque frutal fresco e base almiscarada transparente, uma leveza que tinha uma performance satisfatória para o gênero e muita coerência no aroma do começo ao fim.

Após 16 anos do sucesso de um dos pilares da família aquática, a versão Eau de Parfum aparece em um momento onde o mercado masculino não apenas está menos preconceituoso com concentrações eau de parfum, vistas anteriormente como femininas, mas também exigente de perfumes que tenham uma duração e projeção capazes de se destacar mais. Não há muito o que reinventar ou mudar na tendência aquática e Essenza não é, por conta disso, uma quebra de paradigma ou uma mudança radical em relação ao original. Em vez disso ele é, conforme proposto pela marca, uma versão refinada e mais profunda do original, diminuindo o aspecto aquático mas sem fazê-lo de forma a comprometer a identidade original.

Como uma versão mais duradoura, Acqua di Gió Essenza diminui o foco  no aspecto aquático e frutal da saída para se preocupar em passar o frescor oceânico em uma base mineral e levemente amadeirada e que fixa bem na pele. Dessa forma, ele abre com a saída aquática e frutal do original, menos evidente no aroma marinho e metálico. Conforme evolui percebe-se mais um acorde aromático fresco, discretamente floral, e que conduz progressivamente a já mencionada base mineral e amadeirada. As vezes é possível perceber flashes, depois de toda a evolução, do aroma aquático da saída e em contato com o aroma mineral da base, passando uma sensação bem tranquila e refrescante.

Essenza se mostra, mesmo sem novidades, como um aquático mais maduro, trabalhado do começo ao fim, com uma boa performance técnica de fixação e rastro, o que o torna um excelente candidato a uso diário ou até mesmo um perfume noturno, de boa performance, para noites ou ambientes noturnos quentes e abafados.

English:

It is certain that being among the first to explore an olfactory trend is a risky thing - especially because what we imagine might fall in public taste may be something very innovative at the time it was released. However, if the bet is right you gain the advantage of working in new lands and develop something that will become the model to be followed/ copied. It happened with the scent Acqua di Giò, which although was not the first aquatic fragrance was one that explored the trend early on hit very well the combination of aquatic freshness with a fruity fresh touch and a transparent musky base, a lightness that had a satisfactory performance for the genre and a lot of consistency from the beginning to the end.

After 16 years of success of what become one of the pillars of the aquatic family, the  eau de parfum version comes at a time where the masculine market is not only less prejudiced with eau concentrations parfum, previously seen as feminine, but also demanding perfumes that have better duration and projection, thus able to stand out more. There is not much to reinvent or change in the aquatic trend and Essenza is not because of that a paradigm shift or a radical change from the original. Instead it is, as proposed by the brand, a refined and deeper version of the original, lowering the acquatic aspect but without doing it in order to compromise the original identity.

As a long lasting version, Acqua di Giò Essenza decreases the focus on water and fruity aspect of the output to put more emphasis in conveying the oceanic freshness in a mineral and slightly woody base of good duration. Thus, it opens with the aquatic and fruity departure from the original, less evident in the marine and metallic aroma. As it evolves one perceives another fresh aromatic chord, slightly floral, that gradually leads to the aforementioned mineral and woody base. Sometimes you can see flashes after all the evolution of the aquatic aroma of the opening in contact with the mineral aroma of the base, passing a very serene and refreshing feeling.

Essenza shown even  without any surprises to be an acquatic more mature and better worked from beginning to end, with a good technical performance of sillage and longevity, which makes it an excellent candidate for daily use or even as a night perfume, with a good performance for summer nights or hot and stuffy night environments.