Pesquisar este blog

23 de jun de 2016

Natura Amó Provoca e L'Acqua di Fiori Piercing Ele - Avaliações Rápidas


Amó Provoca representa muito bem uma perfumaria nacional que se tornou desgastada e caricata, principalmente no setor masculino. Foi um perfume que a Natura fez muito bem em descontinuar quando renovou a linha Amó, já que ele não acrescenta nada de relevante a linha de produtos da marca como um todo. Apesar da composição sugerir um uso generoso de especiarias, o que predomina são os aromas batidos de sempre da Natura, que dão uma aura cansada e repetitiva a muitos de seus perfumes: cítricos genéricos, sândalo mediano, musk comum e sem nada interessante acompanhando. O café prometido nunca se materializa de forma que dê um aroma torrado ou marcante a composição. E das especiarias, apenas o cardamomo é que realmente aparece e é o único capaz de acrescentar algo realmente interessante a composição. Passado ele, porém, o perfume emudece e vai pelo caminho olfativo de sempre da natura. É simplesmente um tédio.


Piercing He também é um perfume que pode ser colocado na mesma categoria de perfume tédio junto com Amó Provoca. De forma geral acho os perfumes da Lacqua di Fiori interessantes, bem elaborados e mesmo com as inspirações bem evidentes é possível perceber que as variações feitas em cima dessas inspirações tornam o uso uma experiência que vale a pena. Já no caso de Piercing eu não sei dizer se ele se inspira em algo tão genérico que eu não consigo identificar ou se é feito nivelando por baixo o perfil aromático masculino no Brasil. É o tipo de cítrico aromático que parece uma fórmula de desodorante promovida a perfume com alguns ajustes. Soa fresco, herbal, cítrico, limpo e tedioso. Esperava algo intenso e interessante como Piercing Ela, mas não é o caso. Chega até a ser irônico que Piercing Ele tenha como slogan que "foi especialmente desenvolvido para quem gosta de tendências mas detesta a mesmice". Ele certamente mira uma tendência - uma ultrapassada. Quanto a mesmice, é justamente dela que ele não consegue escapar.