Pesquisar este blog

1 de mai de 2016

L'Acqua di Fiori Think Pink - Avaliação


Think Pink cumpre dentro da gama de produtos da L'Acqua di Fiori uma espécie de papel de perfume voltado para o público teen. É algo que não se propõe a ser sofisticado, luxuoso ou complexo em seu cheiro, trocando isso por algo acessível, direto, simples e agradável. É uma espécie de esteriótipo da mocinha jovem, um que muitas gostam e se encaixam e que por isso vende muito bem, o do aroma frutadinho, doce e açucarado.

Think Pink mostra um dos motivos pelos quais é muito difícil produzir um perfume puramente frutal. Primeiro, poucas são as frutas das quais é possível extrair um óleo essencial ou absoluto e a maioria das que podemos extrair se encaixa na categoria cítrica. Segundo, a impressão frutal é dada por sintéticos que possuem uma volatilidade maior, se tornando difícil manter o tema frutado do começo ao fim da composição. E por último, exagere nos sintéticos que você precisa para compor um aroma frutal e em vez de um perfume terá um aromatizante para a indústria alimentícia.

A saída de Think Pink mostra isso, com um aroma de morango que beira o cheiro de suco ou de chiclete. É um morango suculento, azedinho, porém que cansa um pouco o olfato se persistir demais na pele. Ele não persiste, porém, durando apenas os primeiros momentos para dar a saída algo bem vivo e intenso. O que vem logo em seguida é um aroma açucarado, que remete a algodão doce, pontuado por sugestões florais apenas para equilibrar a ideia. A base termina em uma mistura de musks e baunilha adocicada, algo básico e discreto. É um perfume condizente com a proposta e o público ao qual ele se direciona. Pode agradar também as fãs dos splashes frutais doces da Victoria Secrets.