Pesquisar este blog

15 de mai de 2016

Frederic Malle Monsieur - Fragrance Review


Português (scroll down for english version): em um tempo onde as marcas comerciais fizeram uma espécie de corrida para atingir fórmulas cada vez mais banais e baratas, Frederic Malle estabeleceu seu lugar e sua marca fazendo o simples e sofisticado. Não que com isso eu diga que seus perfumes sejam simples, mas eles colocam em evidência materiais clássicos, ideias conhecidas e não se preocupa em fazer bizarrices olfativas. A riqueza do que é exposto brilha como nunca dessa forma e seu novo lançamento Monsieur é essencialmente um clássico da marca justamente por ir nessa direção.

Um dos materiais favoritos do perfumista encarregado de cria-lo, Monsieur é o patchouli que Frederic Malle sempre quis ter de acordo com as entrevistas concedidas por ele. E isso significa que em Monsieur temos algo um tratamento como em Geranium Pour Monsieur, Carnal Flower e Vetiver Extraordinaire, um Patchouli gigantesco, exuberante e brilhante, um perfume que exalta o aspecto mais excepcional do Patchouli graças ao uso da destilação molecular da IFF, denominada Patchouli Coeur, que remove as impurezas do patchouli e entrega um perfil que é curiosamente terroso e limpo/mentolado ao mesmo tempo.

O que é construído ao redor de Monsieur me faz pensar em uma versão aprimorada do clássico da Givenchy chamado Gentleman. Monsieur me remete a ele, além do patchouli, pelo uso do couro, de um cítrico mais seco e aldeídico e pelas nuances de incenso que o cercam. Todos juntos criam um elegante aroma sóbrio masculino, que começa com o couro e cítricos em maior evidência e vai aos poucos revelando o contraste terroso e clean do Patchouli. O uso de rum na composição acentua o lado mais adocicado do patchouli ao passo que o acorde de baunilha e de ambar sintético nunca rouba acena, criando detalhes secundários que mantém a complexidade e a beleza da composição.

O fato é que por mais que Monsieur seja conhecido, realmente é difícil encontrar perfumes com tanto Patchouli que consigam não ir numa direção muito pesada ou soarem monolíticos. Monsieur evita com maestria tais problemas e entrega um excelente perfume para os homens. Algo elegante, com um quê no clássico e ao mesmo tempo um quê no moderno.

English:

In a time where mainstream brands have made a kind of race to achieve increasingly banal and cheap perfume formulas, Frederic Malle has established its place and mark making it simple and sophisticated. Not that with this I say that their perfumes are simple, but they put in evidence classic materials, known ideas and does not bother to make bizarre smell. The wealth that is exposed shines like never that way and their new release Monsieur is essentially a classic brand just to go in that direction.

One of the favorite materials of the perfumer in charge of creating it, Monsieur is the patchouli that Frederic Malle always wanted according to the interviews given by him. And that means that in Monsieur we have  a similar treatment as the one found in Geranium Pour Monsieur, Carnal Flower and Vetiver Extraordinaire, a giant Patchouli, lush and bright, a perfume that celebrates the most outstanding aspect of Patchouli thanks to the use of molecular distillation of IFF called patchouli Coeur, which removes impurities and show patchouli in a profile that is curiously earth and clean / minty the same time.

What is built around Monsieur makes me think of a classic enhanced version of Givenchy Gentleman. Monsieur brings me to him, beyond the patchouli, the use of leather, the more dried citrus and aldehydic parte and the nuances of incense around its aroma. All together they create an elegant sober masculine scent that starts with the leather and citrus in greater evidence and will gradually revealing the earthy and clean Patchouli contrast. The use of rum in the composition enhances the sweeter side of patchouli while the synthetic vanilla and amber accord never steal the show, creating secondary details which keeps the complexity and beauty in the composition.


The fact is that while Monsieur is known, it is really hard to find fragrances with as mush  Patchouli that avoid going into  a very heavy or monolithic direction. Monsieur masterfully avoids these problems and delivers a great perfume for men. Something elegant, with a hint at classic while a touch on the modern.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here