Pesquisar este blog

20 de nov de 2015

Thierry Mugler Les Exceptions Oriental Express - Fragrance Review

Português (scroll down for english version): de todos os integrantes da coleção Les Exceptions, Oriental Express é o que consegue expressar de forma mais evidente o propósito das 6 criações, o de homenagear e reinterpretar as estruturas olfativas que criaram as bases da perfumaria contemporânea. Oriental Express é em especial uma homenagem direta ao pilar de todos os orientais, Shalimar, e a escolha de Olivier Polge para isso é perfeita.

Olivier Polge me parece conhecer os elementos estruturais e saber utilizá-los sem que pareça uma cópia do clássico da Guerlain. É possível perceber claramente sua homenagem ao aroma doce e sofisticado de baunilha do Shalimar em um de seus masculinos, Dior Homme Intense. Em Valentino Uomo sinto que ele se utiliza da mesma textura gourmand powdery porém com outra forma de evolução. Já em Oriental Express, Polge põe em evidência um acorde de iris com nuances de semente de cenoura, algo similar ao encontrado em Dior Homme, e equilibra um sândalo amadeirado com o aroma cremoso da baunilha. Ao redor disso ele trabalha nuances - tons cítricos na saída, um leve cheiro de couro e algo meio esfumaçado e animálico na base e um aspecto secundário amendoado na parte principal da composição.

Oriental express é muito luxuoso, aveludado e de uma elegância atemporal. A combinação de inspirações tanto no Shalimar como em partes do Dior Homme o torna talvez um dos que tem grandes chances de agradar a ambos os públicos. E por mais que a melodia oriental vanillica e atalcada seja bem conhecida a riqueza e harmonia da textura torna isso irrelevante.

English: from all the members of Les Exceptions collection, Oriental Express is what can express more clearly the purpose of the 6 creations, to honor and reinterpret the olfactory structures that created the foundation of contemporary perfumery. Oriental Express is especially a direct homage to the pillar of all Orientals, Shalimar, and the choice of Olivier Polge for this is perfect.


Olivier Polge seem to know the structural elements and how to use them without it looking like a copy of the Guerlain classic. You can clearly see his homage to the sweet and sophisticated vanilla scent of Shalimar in one of his masculine creations, Dior Homme Intense. In Valentino Uomo I feel that he uses the same powdery gourmand texture but with another form of evolution. Already in Oriental Express, Polge highlights an iris accord with carrot seed nuances, something similar to that found in Dior Homme, and balances a woody sandalwood with the creamy aroma of vanilla. Around that he works nuances - citrus tones in the opening, a slight smell of leather and something kind of smoky and animalic in the base and a secondary almond aspect in the main part of the composition.

Oriental Express is very luxurious, velvety and of a timeless elegance. The combination of inspirations both in Shalimar as in parts of Dior Homme makes it perhaps one that is likely to appeal to both audiences. And while the vanillic oriental powdery melody is well known the richness and harmony of texture makes this irrelevant.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here