Pesquisar este blog

4 de nov de 2015

Bentley For Men Absolute - Fragrance Review



Português (scroll down for english version): a marca de carros Bentley tem me surpreendido positivamente no setor de perfumaria. Seus produtos possuem uma integração entre embalagem, frasco e perfume que cria uma unidade luxuosa e, ainda sim, acessível. Mesmo sua criação exclusivamente feita para vender na Harrods é um perfume de preço razoável para a qualidade do que é entregue.

Criado pelo mesmo perfumista de Gucci Pour Homme, Bentley Absolute é uma variação interessante do perfil desenvolvido por Michel Almairac naquela fragrância, reforçando determinados elementos que poderiam agradar o público árabe, o principal consumidor na qual a Harrods foca. Em Absolute o aroma de incenso, madeiras e especiarias secas é desenvolvido pela perspectiva do papyrus, olibanum e, em segundo plano, agarwood. É interessante que o papyrus não tenha um cheiro tão evidente de agarwood aqui mesmo sendo muito utilizado para compor acordes de agarwood. Ele remete a resinas quentes e madeiras oleosas. O agarwood apenas complementa essa ideia e reforça a harmonia de ambar. O cedro e o vetiver são movidos a elementos secundários, para arrendondar o aspecto amadeirado e de incenso da composição. E a pimenta preta, curiosamente, não tem nada doce e acrescenta um toque picante e até mesmo metálico a ideia.

De certa forma, Bentley absolute é como se fosse uma versão estilo attar da sinfonia desenvolvida anteriormente por Michel, tentando manter a curva de evolução na pele um pouco menos linear do que se esperaria de um produto árabe oriental e rico em ambar. É um luxo perfumado acessível e caprichado nos mínimos detalhes e mais um triunfo na boa linha de perfumes da marca.

English: Bentley car brand has surprised me positively in the fragrance industry. Its products have an integration between packaging, bottle and scent that creates a luxurious, and yet, accessible unit. Even this creation which is exclusively made to sell at Harrods is a reasonably priced perfume for the quality of what it is delivered.

Created by the same perfumer of Gucci Pour Homme I, Bentley is an interesting variation of the profile developed by Michel Almairac in that fragrance by strengthening certain elements that could please the Arab public, the main consumer in which the Harrods focus. In Absolute the scent of incense, wood and dried spices is developed by a papyrus perspective, olibanum and, in the background, agarwood. Interestingly, the papyrus does not have a smell of agarwood so evident here even though this is widely used to compose agarwood accords. It seems linked to hot resins and oily woods. The agarwood only complements and reinforces this idea and the amber harmony. The cedar and vetiver are moved to secondary elements, for round the woody and incense appearance of composition. And the pink pepper, curiously, still has nothing sweet and adds a spicy touch and even metallic to the idea.

In a way, Bentley absolute is like an attar style version of the symphony previously developed by Michel, trying to keep the evolution curve on the skin a little less linear than one would expect from an Eastern and wealthy Arab product. It is  fragrant luxury affordable and neat in minute detail and another triumph in the good line of perfumes developed by the branded.