Pesquisar este blog

29 de set de 2015

Penhaligon's Ostara Fragrance Review

Português (scroll down for english version): Bertrand Douchafour é certamente um dos perfumistas mais prolíficos da atualidade e um que explora de forma diversificada seu estilo de criação. Eu diria, pensando rapidamente, que é possível perceber no mínimo dois estilos em suas criações: um que maximiza o aspecto oriental e exótico da combinação de madeiras, especiarias e resinas e um outro que explora a temática floral com diferentes interpretações de intensidade, como se o perfumista visse as flores em horas distintas do dia, influenciando na intensidade de seu cheiro.

Ostara é o ode de Douchafour e da Penhaligons a primavera. Não exatamente a exuberância dela, mas ao renascimento da vida que desponta com o desabrochar das flores. Ainda que os daffodils (gênero de flores do narciso e junquilhos) sejam a flor tema dessa composição, a ideia que me passa é mais da alma solar e alegre das flores amarelas em combinação com um aspecto sensual cremoso e lactônico de flores brancas.

Ostara é como uma aquarela de nuances florais, onde se explora o lado picante dos daffodils e sua nuances que remete a jasmim. Percebo misturado a isso algo que me remete a flor de laranjeira, que ajuda a ampliar a sensação de primavera na composição. A saída trás um aroma de ervas frescas e aldeídos, algo cintilante, levemente amargo e herbal, que contrasta com o aroma leve das flores. Uma base de baunilha, musk, benjoin e tons amadeirados abstratos fazem um link com outra criação de Douchafour, Traversee du Bosphore, sugerindo algo um pouco oriental e exótico ao predominância floral amarela e branca.

Ostara não é um soliflore de narciso e junquilho, o que pode decepcionar os que procuram algo assim nessa composição. Mas como um ode ao que essas flores representam, o início da primavera e a chegada das flores, é uma criação bem agradável e acessível em aroma, algo como um floral primaveril entre o segmento comercial e o de luxo.

English: Bertrand Douchafour is certainly one of the most prolific perfumers of our time and one that explores  his creative style in a diversified way. I would say, thinking quickly, that you can see at least two styles in his creations: one that maximizes oriental and exotic aspect of the combination of woods, spices and resins and another that explores the floral theme with different intensity interpretations as if the perfumer see the flowers at different times of the day, influencing the intensity of their smell.

Ostara is the Douchafour and Penhaligons ode to spring. Not exactly the exuberance of this season, but the rebirth of life that rises with the blossoming of flowers. Although the daffodils (narcissus flowers gender and jonquils) are the flower theme of this composition, the idea that it gives me is more a solar and cheerful soul of yellow flowers in combination with a creamy sexy  and lactonic feek of white flowers.

Ostara is like a watercolor of floral nuances, where the perfumer explores the spicy side of daffodils and its nuances which refers to jasmine. I realize mixed with it something that brings me to orange blossom, which helps extend the spring feeling in the composition. The opening brings an aroma of fresh herbs and aldehydes, something sparkling, slightly bitter and herbal, which contrasts with the light scent of flowers. A base of vanilla, musk, benzoin and an abstract woody tones make a link with another creation of Douchafour, Traversee du Bosphore, suggesting something a little bit oriental and exotic to the yellow and white floral predominance.

Ostara is not a soliflore of narcissus and jonquil, which may disappoint those looking for something like that in this composition. But as an ode to these flowers that represent the beginning of spring and the arrival of flowers, it is a very pleasant and affordable creation in aroma, something like a spring floral between the commercial segment and luxury one.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here