Pesquisar este blog

23 de set de 2015

Frederic Malle Cologne Indelebile Fragrance Review


Português (scroll down for english version): por mais que em boa parte dos processos de aquisição a empresa que compra declare ter intenções de manter a cultura e características da empresa comprada, na prática nenhuma empresa compra uma outra para mantê-la do jeito que está. Certamente enxerga-se um potencial e o processo, se bem feito, é cuidadoso e meticuloso para transformar a companhia inicial comprada na companhia dos sonhos.

Para a Estée Lauder e Frederic Malle, eu diria que isso se aplica voltado ao posicionamento da perfumaria Frederic Malle com um foco menor no mercado dito de nicho para uma perfumaria comercial de prestígio, luxuosa e seletiva. O fato é que Frederic Malle a muito tempo já me parece seguir de alguma forma essa jornada de popularização seletiva em um modelo que inicialmente foi inovador e que atualmente já se consagrou no mercado, o da evidência do perfumista como chave importante artisticamente do produto final.

Cologne Indelebile é o primeiro lançamento da Frederic Malle pós Estée Lauder e é um que já evidencia essa transição ao propor um conceito mais seguro em uma execução impecável. Aqui, tem-se a idéia de uma Colônia clássica modernizada com uma base carregada em musks e com o propósito de  criar um aroma cítrico duradouro.

Se o conceito que é proposto não surpreende ou emociona, a execução certamente o salva com um aroma de neróli e flor de laranjeira bem harmônico, suculento, duradouro e elegante. Cologne Indelebile põe todo o foco nas duas variações da flor de laranjeira, criando uma harmonia em torno do lado mais frutal e levemente amargo da flor e o seu cheiro clean e de sabonete caro. O Narciso utilizado aqui funciona mais como um ator secundário, o que é uma pena, já que seu cheiro exótico e de nuances verdes e especiadas certamente poderia ter tornado a idéia mais distinta e sofisticada. Os musks escolhidos para a base tem um papel similar ao do narciso, funcionando apenas para manter de uma forma transparente porém perceptível o fresco cítrico do acorde de de laranjeira desenvolvida para essa cologne.

Indelebile foi feito para agradar logo de cara, para passar uma sofisticação que se tem algo de artístico certamente não esconde seu caráter evidentemente comercial.É difícil ainda dizer se essa será a única linha que Frederic Malle seguirá em sua nova fase de existência, mas já é um indicativo de que pelo menos a qualidade será mantida mesmo que o conceito artístico em si passe a ser mais seguro. 

English: 

Even that during the procurement processes the company that buys declare intending to keep the culture and characteristics of the company purchased, in practice any company don't buying another to keep it the way it is. It certainly sees it a potential and the process, if done right, is careful and meticulous to transform the initial company purchased in the company which was dreamt.

For Estee Lauder and Frederic Malle, I would say this applies facing the positioning of Frederic Malle perfumes with less focus on this said niche market for a commercial perfumery with emphasis on prestigious, luxurious and selective. The fact is that Frederic Malle a long time already seems for me to follow somehow this journey of selectively popularization in a model that was initially innovative and currently has established itself in the market, the evidence of the perfumer as an important artistically key part of the final product.

Cologne Indelebile is the first release of Frederic Malle post Estee Lauder and is already evidence that this transition to propose a safer concept into a flawless execution. Here, there is the idea of ​​a classic Cologne modernized with a base loaded in musks and in order to create a lasting citrus scent.

If the concept is proposed not surprising or emotional, execution certainly saves with a neroli and orange blossom aroma  well harmonic, juicy, long-lasting and elegant. Cologne Indelebile puts all the focus on the two variations of orange flower, creating a harmony around the more fruity and slightly bitter flower part and its clean and expensive soap smell. The narcissus used here works more like a supporting actor, which is a pity, since its exotic smell of green and spicy nuances  certainly could have made the idea more distinctive and sophisticated. The musks selected for the base has a role similar to narcissus, only working to maintain a transparent manner but perceptible fresh citrus of orange accord developed to this cologne.

Indelebile was done to please right away, to transmit a sophistication that has something artistic but certainly does not hide its  evidently comertial character.It is harder to tell if this is the only line that Frederic Malle will follow in its new phase of existence, but already it is an indication that at least the quality will be maintained even if the artistic concept itself pass to be safer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here