Pesquisar este blog

28 de ago de 2015

Natura Revelar Noite


Observação: originalmente, essa avaliação foi criada para fazer parte de um ebook que eu pretendia criar de um panorama completo da perfumaria da Natura. Como a marca tem se mostrado extremamente dinâmica e rápida nos lançamentos e descontinuações, desisti da idéia e as avaliações farão parte do blog.

Este talvez seja o perfume que me levou a reaproximar e a ter interesse pela perfumaria da Natura. Revelar Noite cumpre a promissa de um oriental e entrega um perfume denso, sensual, encorpado e que me é curioso pois nem sempre ele se revela assim. As vezes ele te engana, especialmente se vc prestar atenção a fase intermediária dele, que é de um floral mais suave. A saída possui um aroma frutal interessante, que eu não consigo me decidir se me lembra calda de cereja ou cheiro de damasco. Talvez seja ambos o que é uma combinação muito inusitada para mim. Há algo que me lembra também a doçura de um xarope, mas o que acaba prevalecendo é a impressão frutal. Depois dessa primeira fase, o perfume parece suavizar, revelando um outro lado dele, e se você não esperar até o fim pode achar essa fase floral meio decepcionante: me parece muito suave, meio indescritível, difícil dizer que flor é. Mas a base é o momento mais noturno, denso e doce da composição, com uma baunilha açúcarada e cremosa combinada de forma perfeita ao sândalo. Ele remete de certa forma ao Addict, mas sem o aspecto narcótico floral e com mais ênfase na baunilha. Bem interessante, seu cheiro simplesmente gruda nas roupas que você usa e vai ficando melhor com o tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here