Pesquisar este blog

29 de jun de 2015

EnVoyage Perfumes L'Hombre Fragrance Review


Português (scroll down for english version): uma das coisas que eu percebi durante a minha jornada de como avaliador (por hobbie) de perfumes é a necessidade de se encontrar um equilíbrio entre design da marca, produto e imagem e a essência em si. Pender muito para um o lado do design produz criações atrativas visualmente mas desnecessárias e pender muito para o lado da essência pode afastar potenciais clientes. Ao relançar o site da EnVoyage Perfumes, a Shelley, perfumista e dona da marca, resolve essa questão e dá um ar profissional e sofisticado que suas criações merecem. E escolhe imagens que realmente casam com o perfume em questão, como no caso de L'Hombre.

L'Hombre, na minha visão, é como uma concepção do que deveria ser o aroma do homem moderno de acordo com a perfumista. Certamente captura um tipo de homem, o que busca estar alinhado com as tendências e ser notado sem ser extravagante. Não é exatamente o meu perfil como homem, mas acho a composição de L'Hombre de um refinamento grande.

Ela explora, na minha visão, do começo ao fim a nota da vez - o agarwood. Por alguns instantes eu tenho a impressão de que estou sentindo uma versão light ou mais moderada do M7, acompanhada do aroma ambarado, da doçura - menos espessa aqui, do tom aromático. Entretanto, L'Hombre tem um lado mais fougere marcado, um aroma de musgo, um tom terroso de patchouli e um toque especiado doce. O café e o malte complementam com uma nuance secundária de bebida, que se mistura aos tons terrosos e adocicados da composição.

O resultado não é intenso, o que deve ter sido um trabalho demorado de encontro de um equilíbrio nas várias essências potentes que vão na fórmula. Ainda sim, sua aura dura tranquilamente de 6-8 horas na pele, uma segunda pele de contornos amadeirados e incensados, fixando melhor ainda nas roupas. Eu particularmente adoraria uma versão mais intensa de L'Hombre, para o homem que gosta de ser misterioso e sexy mas também adora chamar a atenção.

English:

One of the things I realized during my journey as a perfume reviewer (for hobby) is the need to find a balance between the brand, product and image design and the essence itself. Pender much for a design side produces visually attractive but unnecessary creations and hang much on the side of essence can drive away potential customers. In relaunching the EnVoyage perfume website, Shelley, perfumer and owner of the brand, addresses this issue and gives a professional and sophisticated look that her creations deserve. And choose images that really marry the perfume in question, as in the case of L'Hombre.

L'Hombre, in my view, is like a conception of what should be the aroma of modern man according to the perfumer. Certainly captures a kind of man, which seeks to be aligned with the trends and get noticed without being extravagant. Not exactly my profile as a man, but I see the composition of L'Hombre as of a great refinement.

It explores, in my view, from beginning to end, the note of du jour - agarwood. For a few moments I have the impression that I'm feeling a light or more moderate version of M7, accompanied by the amber aroma, of its sweetness - thinner here, and the aromatic tone. However, L'Hombre has a more marked fougere side, a mossy aroma, an earthy tone of patchouli and a sweet spicy touch. The coffee and malt complemented with a secondary drink nuance, which mingles with earth  and sweet aspects of the composition.

The result is not intense, which should have been a time-consuming work in serach of a balance between the various powerful essences that go into the formula. Still, its aura lasts 6-8 hours quietly in the skin, a second skin of woody and incensed contours, setting even better in clothes. I especially would  love a more intense version of L'Hombre, for the man who likes to be mysterious and sexy but also loves to get attention.