Pesquisar este blog

10 de mai de 2015

Natura Ekos Mescla Buriti e Castanha e Ekos Madeira em Flor Fragrance Review

Essa edição, denominada mescla de frescores, combina dois dos perfumes mais gostosos da linha Ekos, entretanto o resultado final não é só como se você misturasse os dois para usar, e sim uma composição retrabalhada para unir as duas fragrâncias. Sinto que a parte de buriti ficou menos frutal e a de castanha ficou menos doce e a saída ganhou um aspecto mais cítrico e refrescante que é bem gostoso. Entretanto, o perfume não perdeu em fixação, de forma que se você passa dele de forma abundante dura quase o dia todo na pele. Logo após o aroma mais cítrico, entre lima e limão, a parte frutal adocicada do buriti aparece, levemente azedinha, e vai evoluindo para o aroma cremoso, almiscarado e doce da castanha, que irá durar o resto do dia na pele. O resultado final é tão bom que eu fiquei imaginando como seria se a Natura tivesse levado o projeto adiante com outras mesclas. Uma que na minha cabeça ficaria perfeita é a de castanha com cacau. Bem que podiam fazer essa!


 Há alguma coisa nos sintéticos utilizados para criar o aroma de lírio do vale que fazem com que eles tenham um apelo quase que universal pelo que percebo. Talvez o aroma floral mais verde, cítrico e adstringente, um cheiro de limpeza chique, que costuma ser trabalhado exatamente como no madeira em flor, em torno de aromas mais aconchegantes, as vezes mais delicados, outras vezes mais doces ou até mesmo amadeirados e secos. O caso dessa criação da natura é o algo entre um aroma delicado aconchegante, clean, de musk, e um cheiro suave de baunilha com tonka. O lírio é reforçado no aspecto cítrico. Acho curioso que de alguma forma, a composição me parece uma versão light, summer ou para ser usada de forma abundante do exótico perfume de lírio da versace, o The Dreamer, o que funciona muito bem. Espero que tenha voltado de forma definitiva ao catálogo.