Pesquisar este blog

17 de mai de 2015

Hiram Green Moon Bloom Fragrance Review


















Português (scroll down for english version):

 Já não é mais surpresa que as criações mais interessantes recentemente estejam saindo de pequenos perfumistas, no geral pessoas apaixonadas pela arte e em muitos casos pessoas que já conhecem a indústria e sabem que hoje ela tem pouco espaço para a arte pela arte, para a qualidade voltada mais para o preço do que para a história e apresentação em si. Ainda há um certo preconceito com essas pessoas, que as vezes são vistas como amadoras mesmo tendo conhecimento do que estão fazendo.
Para os que arriscam e investem nesse mercado, encontram surpresas como o fantástico Moon Bloom do Hiram Green. Hiram após ter uma perfumaria decidiu investir em uma marca de perfumes naturais e apenas após um bom tempo de estudos e experimentos resolveu lançar seus primeiros perfumes.
E se podemos dizer que o seu primeiro é um indicativo do que está por vir, o futuro é promissor. Moon Bloom é um belo ode a uma das flores mais sensuais, nobres e caras da perfumaria, a tuberosa. A maioria das criações comerciais de tuberosa é sintética, já que o preço de seu absoluto, mesmo em pequenas quantidades, já estoura o orçamento limitado de um perfume comercial, Moon Bloom usa de forma elegante e sem reservas o aroma noturno e denso da tuberosa, misturando-a ao ylang, jasmim, especiarias, notas verdes, coco e resina.
Os primeiros momentos na pele me fazem pensar em Moon Bloom como uma versão natural e menos gritante dos perfumes sensuais da década de 80. Seu cheiro de alguma forma me remete ao Byzance de Rochas, com um aroma floral branco e frutado que me remete a um delicioso acorde de gardênia. Moon Bloom dança entre essas diferentes flores brancas, como se o cheiro delas se misturasse no ar. As vezes parecem tuberosas, outras vezes o ylang e com um quê de coco, outra hora é o aroma mais doce, de jasmim e frutas da gardênia e ainda há espaço para o que me parece uma mistura das notas verdes e de laranjeira. É uma experiência tão rica que você consegue entender o poder intoxicante e sensual dessas flores brancas.
Misturado a elas eu sinto toques especiados, que também me parecem florais, algo como flores de cravo talvez. Não são tão evidentes, mas estão lá e tornam a experiência mais rica em detalhes. Esse momento floral dura bem, mas como é um perfume natural, sua intensidade fica na primeira hora e depois ele se torna mais rente a pele, durando assim umas 6 - 8 horas. Progressivamente ele ganha um toque resinoso discreto, algo meio incensado, sutilmente adocicado. Ainda percebo nessa fase algum traço de flor, talvez laranjeira ou jasmim, por causa do delicado aroma floral com um quê de uva que se mistura ao cheiro das resinas.
Moon Bloom não é um perfume para todos. Mas é assim que o mercado deveria funcionar. Muitas vezes temos criações para todos, mas nada que realmente nos toque, que mexa com a imaginação, que você tenha a sensação de estar vivendo uma experiência olfativa que vale a pena, que é rica. É um exemplo para mim, como muitos outros que eu avaliei recentemente, do que o dinheiro pode comprar quando este é bem empregado.


English:
It is no longer surprising that the most interesting creations are recently out of small perfumers, overall people passionate about this art and in many cases people who already know the industry and know that today it has little room for art for the art, for quality geared more for the price in the formula than to the story and presentation itself. There is still some prejudice against these people, who are sometimes seen as amateur even knowing what they are doing.

For those who risk and invest in this market,it find surprises as the fantastic Moon Bloom of Hiram Green. Hiram after a having a perfumery decided to invest in a brand of natural perfumes and only after a long time of studies and experiments decided to launch his first perfume.
And if we can say that his first is indicative of what is to come, the future is promising. Moon Bloom is a beautiful ode to one of the most sensual , noble and expensive flowers in perfume, tuberose. Most of commercial launches of tuberose is synthetic, since the price of their absolute, even in small quantities, already bursting the budget of a commercial perfume, Moon Bloom uses elegantly and without reservation the night and dense scent of tuberose, mixing it to ylang, jasmine, spices, green notes, coconut and resin.
The first moments in the skin make me think of Moon Bloom as a natural and less stark version of sensual perfumes of the 80s Your scent somehow brings me to Byzance Rochas , and also with a white floral and fruity aroma that brings me to a delicious gardenia accord. Moon dance between these different Bloom white flowers, as if their scent got mixed in the air. Sometimes you smell tuberose, sometimes ylang with a hint of coconut, another time is the sweetest fruity aroma of jasmine and gardenia and there is still room for what seems to me a mixture of green notes and orange blossom. It is such a rich experience you can understand the intoxicating and sensual power of these white flowers.
Mixed them I feel spicy touches, that I also seem floral, something like carnation flowers perhaps. They are not as evident, but they are there and make the experience richer in detail. This floral moment lasts well, but as a natural perfume, its intensity is in the first hour and then it becomes more close to the skin, so a lasting 6-8 hours. Gradually it gets a touch discreet resin, something kind incensed, subtly sweet. I even realize at that stage some flower traces, maybe orange or jasmine, because of the delicate floral aroma with a hint of grape that blends to the resinous scent.
Moon Bloom is not a perfume for everyone. But that's how the market should work. We often have creations for everyone, but nothing that really touch us, that stir the imagination, you have the feeling of living an olfactory experience that is worth, that is rich. It is an example for me, like many others I evaluated recently of what money can buy when it is well spent.