Pesquisar este blog

29 de mar de 2015

Guerlain Le Bouquet De La Marièe Extrait Review


Português (scroll down for english version):

Ainda que este não seja um dos meus favoritos ou um que tenha despertado minha necessidade em tê-lo, Le Bouquet de La Mariée é para mim uma criação tipicamente Guerlain em todos os sentidos possíveis.

O primeiro deles é a temática nupcial, que se encaixa feito uma luva na história da marca, permeada de narrativas relacionadas ao amor. O segundo é a conjunção de notas clássicas no acorde assinatura da marca, notas que em diversas concentr
ações e acompanhamentos estão presentes e definem esse lado romântico e sensual de um perfume Guerlain (laranjeira, baunilha e amêndoas nesse caso). A terceiro e quarto sentido pelo qual eu vejo esse como um perfume tipicamente Guerlain é a recorrência de uma determinada fórmula, explorada em todas as suas variações possíveis em perfumes que tendem a ser limitados e duram enquanto tiver estoque ou interesse neles, aliado a um produto que explora o apelo luxuoso pela combinação de um frasco mais precioso e um preço maior.

Basicamente, Le Bouquet de La Mariée é a versão nupcial do delicioso Mon Precieux Nectar, uma versão mais encorpada e que me remete também a uma das criações sob medida da grife, chamada de Cute. É um bouquet nupcial onde a flor principal é a flor de laranjeira, que confere um aroma doce e aqui com um cheiro de uva e complementa a doçura das amêndoas e da baunilha. Há alguma coisa de aroma verde que curiosamente me remete a tuberosa e que eu suspeito que seja o uso da angélica, o que é uma associação interessante para mim, pois quebra a doçura (em partes) e sugere outra flor branca ao bouquet. Eu diria que o jasmim e a rosa são usados de forma secundária aqui, mais para harmonizar esse boquet de flores açúcaradas e amêndoas.

Um senão dessa composição é que a base é simples, manténdo a doçura da baunilha e acrescentando-lhe musks. Para um perfume mais luxuoso, o perfume do dia do casamento, ela poderia ser mais rebuscada, mais impactante, para ficar gravada na memória da noiva como algo especial.

Eu consigo visualizar claramente (apesar de ser um perfume que poderia ser unissex) um tipo de noiva aqui: aquela de voz delicada, olhinhos brilhantes, meiga, de sorriso largo e contagiante. Considerando o custo benefício e a semelhança com o que eu mencionei eu diria que é possível substituí-lo pelo Mon Precieux Nectar no dia mais especial da sua vida.

English:

Even that this one is not one of my favorites or one that has created on me the necessity of having it, Le Bouquet de La Mariée is in my vision a tipically Guerlain creation in all the possible senses.
The first one is the bridal theme, one that fits like a glove in the brand story, permeated of scented narratives related to love. The second one is a conjunction of classic notes used in the guerlain's signature accord, notes that em several concentrations and combinations have been presented on their creations, used to define the romantic and sensual side of their perfumes (here we find mainly orange blossom, vanilla and almonds). The third and forth sense by which i see this as tipically Guerlain is the recurrence of a certain formula, explored in all of its possible variations in fragrances that are limited in its distribution and tend to last as long as there is stock or interest, married with precious bottles and bigger prices.

Basically, Le Bouquet de La Mariée is the bridal version of the delicious Mon Precieux Nectar, a more bodied version which also references one of Guerlain Sur Measure creations from the past, one called Cute. It's a bridal bouquet where the main flower is the orange flower one, that gives hwere a sweet aroma with grape nuances and one that completes the sweetness comming from the almonds and vanilla. There is something green here that curiously reminds me of tuberose and that i suspect is the angelica; i think it's a interesting association because it cuts at the openning part of the sweetness and suggests, even that slightly, another white flower in the bridal boquet. I would say that jasmine and rose are used in a secondary way here, more to make the sugary white bouquet more harmonious.
A drawback in this composition is that the base is very simple, keeping the vanilla sweetness and adding it white creamy musks; For a luxury fragrance, the one of your special wedding day, it could have been more embellished, more stiking, something to stay on your memories of the bride as something special.
Finally, i can see very clearly (even that this could be easilly an unissex creation) a type of bride here: that one with delicate voice, sparkling eyes, sweet, of broad and infectious smile. But even for those, considwering the benefit cost ration and the resemblance with the other i mentioned, i think it's totally possible to switch it for Mon Precieux Nectar on the most special day of your life.