Pesquisar este blog

28 de fev de 2015

Amberfig Parfums Smoking Lounge


Português (scroll down for the english version):

O quinto perfume da coleção bem elaborada de perfumes de nicho da brasileira Amberfig é de certa forma uma continuação de temas já trabalhados sem ser uma repetição dos aromas em si. O Segundo lançamento de 2015 (no momento dessa avaliação, ainda não está disponível), foi inspirado por uma passagem do livro o caçador de pipas, que descreve uma sala de fumo de onde emana um aroma de tabaco e canela. David aqui expande essa idéia, flavorizando esse tabaco com o que parece ser uma mistura de de baunilha, amêndoas, cardamomo, cacau e especiarias. Por conta da amêndoas e da baunilha, a princípio o aroma se parece com Café Massoia, mas aos poucos vai ganhar um contorno de especiarias mais secas imersas num cheiro de incenso e de tabaco. Quando chega na base, o aroma se transforma, fica mais amadeirado, uma mistura de vetiver e cedro e de todos os perfumes da grife o que tem a aura mais masculina em sua evolução. Café Massoia e Smoking Lounge se complementam muito bem, parecem criações feitas como pares, idéias unidas por algumas notas e que vão em direções bem diferentes.Ambos também podem ser vistos como herdeiros de Oriental Noir, o que me faz pensar que David está aos poucos construindo, a cada novo lançamento, uma espécie de assinatura olfativa, uma forma bem pessoal de combinar e tornar recorrente determinados aromas. Outro belo trabalho de uma marca nova que tem se mostrado promissora no que faz.

English: the fifth creation of the fine crafted niche collection from the brazilian Amberfig is somehow a continuation of themes already worked without being a repetition itself of the aromas. The second 2015 launch (at the present moment of this review it wasn't available yet), it was inspired by a page of The Kit Runner book, that describes a smooking room from where a tobacco and cinnamon aroma emanates. David here expands this idea, flavoring the tobacco with what seems to be a mixture of vanilla, almonds, cardamom cocoa and spices. Due the almonds and vanilla, at first this seems similar to Café Massoia, but bit by bit it gains a a drier spicy shape with smoky tobacco and incense nuances. When it gets into the drydown, the aroma becomes quite different, getting more woody and dry, a mixture of vetiver and cedar that makes its base one of the most masculine one from the entire line. Café Massoia and Smoking Lounge complement each other very well, they seem like creations made like a pair, ideas united from some notes that goes into directions very diferent. Both seems also like heirs of Oriental Noir, which makes me thonk that Davis is progressively contruction on each new launch a kind of olfactive signature, a very personal way to combine and make recurrent certain aromas. Another beautiful work of a new brand that has been showing very promising on what it does.