Pesquisar este blog

25 de jan de 2015

Ormonde Jayne Ormonde Man Review


Português (scroll down for English Version):

 É interessante a sensação que Ormonde Man me passa na pele, pois há uma aura clássica para mim ao mesmo tempo que ele me parece totalmente moderno. Ormonde Man não é um daqueles perfumes que abre com notas impactantes, que parece querer puxar uma impressão. Ele simplesmente se mantém harmônico, com um tipo de charme mais discreto, um charme mais clássico. Para mim, o aroma das pimentas domina seu cheiro: o lado mais cremoso do cardamomo em contato com o cheiro adocicado picante da pimenta rosa e o aroma mais herbal e seco do zimbro. A saída tem um lado mais cítrico e um aroma verde muito gostoso, que depois evolui para a dominância das pimentas. A base é o que me faz pensar em Ormonde Man como moderno em vez de clássico: apesar das notas listadas de vetiver, cedro, sândalo, há mais a predominância de um aroma amadeirado mineral cintilante que parece bem moderno e sintético, mas que se encaixa bem na composição.

English:

It's interesting the sensation that Ormonade Man transmit me on skin, because there is a kind of classic aura to me at the same time it seems totally modern. Ormonde Man is not one of those fragrance that opens with strong notes, that seems to pull an impression. It simply keeps itself harmonic, with a more discreet charm, a classical one. To me, the spices aromas dominates its smell: the creamier side of cardamom in contact with the sweet spiciness of pink pepper and the herbal and driest aroma of juniper. The opening has a citrus side and green aroma very delicious, that a little bit after develops into the spices dominance. The base is what makes me think of Ormonde Man as modern instead of classic: altough they list notes like vetiver, cedar and sandalwood, what is the main aroma on it is a mineral shiny woody aroma that seems very modern and synthetic, but that fits well the composition.