Pesquisar este blog

29 de dez de 2012

3 Momentos de Destaque - Maio 2012



Maio foi outro mês que concentrou perfumes que eu considero interessantes, de qualidade, distintos e prazerosos de se usar. Olhar para as fotos deles me faz lembrar dos dias que passaram, dos cheiros que acompanharam cada dia como uma trilha olfativa distinta daquele mês, e novamente há bem mais de 3 que eu poderia destacar. Não tenho como não cometer injustiças, então terei que cometê-las e selecionar 3 mesmo assim. Para tentar ser mais eclético, entre os possíveis candidatos um lançamento masculino, um clássico moderno feminino e uma criação unissex mais exclusiva.

1 - Viktor & Rolf Spicebomb - Spicebomb foi uma das minhas surpresas da perfumaria comercial esse ano. Não espero mais criações inovadoras nesse setor, visto que o período de 2000 - 2012 mostrou para as casas de fragrâncias que esse tipo de perfume encalha nas prateleiras, logo poucas se arriscam comercialmente ao inusitado. Mas é uma grata surpresa ver uma tendência mais exclusiva e desenvolvida em perfumes de nicho, nesse caso criações centradas em tabaco, migrar para algo mais acessível, de forma elegante, com qualidade. Spicebomb é um delicioso perfume de tabaco, que explora o lado picante , o aroma de mel, o aroma doce do tabaco, combinando a uma base amadeirada que o equilibra e a especiarias que o tornam mais complexo. Spicebomb não é unanimidade, e com tempo eu aprendi que isso pode ser sinal de um excelente perfume de muita personalidade e sofisticação, o que é o caso dele. Torço para que vingue e dure muito tempo nas prateleiras.

2 - Prada Amber - Um dos meus primeiros contatos com a prada e com a perfumaria feminina se deu com essa bela criação. Amber Pour Femme é um perfume invernal, que põe grande parte de sua ênfase, desde o começo, a aromas que em geral servem de base em boa parte dos perfumes. Acho aconchegante, elegante e rica a combinação de benjoin, patchouli, ambar, sândalo musk e baunilha nesse perfume, feita de tal forma a por em ênfase o aspecto ambarado, resinoso, amadeirado e doce das notas. As flores funcionam como detalhes para mim, atuando de forma menos sensual, encorpada, apenas dando uma aura mais redonda e aparando a intensidade da base. Alguns criticam esse perfume, chamando-o de um Angel feminino sem humor. Eu particularmente acho que há espaço para os dois, e tem dias de frio que pedem exatamente um perfume sóbrio e clássico como ele.

3 - Bond No 9 Harrods Oud - Para quem me conhece, não é surpresa que esse perfume apareça como top no mês que eu o usei. Muitas vezes os perfumes da Bond No 9 me decepcionam por não corresponderem ao preço, frasco e aura luxuosa que eles criam. Mas nem todos são assim, e Harrods Oud é um dos mais sofisticados da linha. Criado para atender a demanda por perfumes com a resina dessa madeira tão apreciada no oriente médio, o Oud nesse caso é sintético, mas sofisticado, explorando o lado mais amadeirado, seco, e animálico da madeira. Num exército de ouds parecidos entre si, ele se destaca com luxo e sofisticação em uma composição bem amadeirada, de nuances incensadas, de ar misterioso, também invernal. Inicialmente planejado como edição limitada, pelo jeito fez sucesso o suficiente para ficar e gerar uma versão mais acessível, sem frasco de cristais.