Pesquisar este blog

29 de dez de 2012

3 Momentos de Destaque - Agosto 2012




Quando olho para o meu ano por meio dos perfumes, por algum motivo Agosto acaba sendo o mês que menos me motiva. Não que ele tenha sido ruim, pois aproveitei-o para fazer uma sequência de provas da Amouage enquanto testei lançamentos e perfumes que ainda não conhecia. Mas algo na combinação do mês não me inspira a escrever enquanto seleciono os 3 principais. Pelo jeito, foi o mês mais chato do meu ano, por algum motivo pessoal que não consigo recordar. Quanto aos perfumes, poderia fazer um top 3 apenas com criações da Amouage, pois praticamente todas que testei se mostraram luxuosas, ricas do começo ao fim, mas já selecionei 2 amouage esse ano, portanto selecionarei apenas mais 1. Seleciono também um lançamento que eu tinha grandes expectativas e que essas foram cumpridas e 1 que eu não esperava nada e que fui surpreendido por conta disso.

Cartier Declaration D'Un Soir - O que mais me fascina na família Declaration é a sua consistência e capacidade de acrescenter, até agora, flankers que desenvolvam o perfume em novas direções mas sem perder de vista a essência, sem tornar a nova variação tão diferente que não pareça ter relação com o original. Esse último flanker correspondeu as minhas expectativas e trouxe ao caráter formal da estrutura amadeirada e aveludada do original um belíssimo aroma floral e uma estrutura mais chypre moderna, um aroma adocicado de patchouli que contrasta muito bem com a bela e licorosa rosa que está no centro. É óbvio que algo teve que ser deixado de lado, e nesse caso foram as especiarias, em maior parte o cominho, mas a espinha dorsal aveludada, amadeirada e luminosa casa perfeitamente com um perfume floral elegante, ousado, uma raridade na perfumaria masculina e que merece ser destacado.

Bond No 9 I love NY for ALL - nesse ano que eu avaliei um perfume diferente por dia eu evitei o máximo que eu pude avaliar perfumes que me enchessem de sentimentos negativos com suas mensagens vazias e falta de qualidade. Esse é um dos motivos pelos quais eu avaliei poucos perfumes da Bond No 9. Apesar de a grife me impressionar com alguns poucos, a maioria me passa a sensação de aromas feitos para desodorantes, xampus ou cópias baratas de perfumes comerciais que deram sorte na vida e foram engarrafados em belos frascos para serem vendidos a preços absurdos. Um que eu esperava exatamente esse caminho é o I love NY for all, o que mais uma vez me lembra que avaliar baseado na pirâmide é sempre perigoso. I love NY for all era para mim fadado a ser um erro, uma mistura de cheiro de xampoo com notas gourmands, mas fiquei surpreso em ver que isso não aconteceu e que a criação é adorável, bem feita do começo ao fim, entrando para a minha lista da criações da marca que na minha opinião realmente merecem existir. O aroma gourmand ele é delicioso, entre o chocolate e o caramelo, com a castanha o acompanhando de fundo, e finalizado por uma bela base amadeirada, também doce, mas não exagerada. Até mesmo as flores, que poderiam estragar o perfume, funcionam e conferem um belo charme ao aroma gourmand. Como sempre, adoro quando um perfume me mostra que eu estava errado e consegue me conquistar, e foi o caso do Ny for All, um belo gourmand, descomplicado, harmônico, nem tão simples, nem tão complexo.

Amouage Epic Woman - Apesar de em 2012 a Amouage ter lançado um duo fantástico de criações, um dos mais arriscados da grife até hoje, seleciono Epic Woman como meu destaque de 2012 pois ele é para mim um dos exemplos perfeitos de que a linha masculina da Amouage pode ser boa, mas a feminina é ainda melhor. É uma pena que muitos ainda deixem de testar perfumes por serem originalmente destinados a um sexo oposto o seu, pois acabam perdendo criações incríveis, ricas e de bela evolução na pele. Enquanto Epic Man acaba retratando de forma rústica, pela combinação de couro e agarwood, a rota da seda que o inspirou, Epic Woman mergulha de cabeça no oud, madeiras e especiarias e produz um misterioso aroma, que abre bem rico, cheiro de pimenta preta e açafrão, evoluindo para um sedoso coração de rosa e agarwood e terminando numa bela base incensada. É talvez um dos Amouages mais compartilháveis, pelo seu forte teor amadeirado, incensado e especiado, e um dos mais sedutores, com o jogo entre as especiarias, flores e madeiras. É um Amouage que soa, como os melhores da casa, rico, as vezes desafiador, mas que vale a pena aceitar o desafio proposto, pois a viagem é incrível do começo até o fim.