Pesquisar este blog

8 de dez de 2011

Les Parisiennes Mayotte - Guerlain Avaliação (Português)

Notes: neroli, frangipani, ylang-ylang, tuberose, jasmin, sandalwood, vanilla, vetiver


Avaliação Pessoal/Personal Rating: 6,0

Rastro percebido/Sillage noticed: discreta

Longevidade observada/Longevity Noticed: 7 horas

Inicialmente Mayotte existiu com outro frasco e nome. Lançado em 2000, Mahora foi uma tentativa mal sucedida da Guerlain em produzir um novo sucesso comercial feminino, a qual foi dada uma segunda chance de vida em sua linha reservada as pontos de venda mais restritos. É provável que isso tenha acontecido mais por respeito aos fãs do que pela obra em si, visto que Mayotte é talvez um dos mais fracos Guerlains. Na tentativa de atrair um novo público, a grife e seu perfumista priorizaram a criação de um perfume que favoreceu a exuberância e exoticidade mas se esqueceu da tradição da grife. E o resultado final é parcialmente convincente, um bouquet floral exótico que atrai ao mesmo tempo que também repele. O excesso de flores de aroma complicado em Mayotte o torna indigesto na pele em alguns momentos. Há princípio há uma abertura primaveril intensa, um aroma cítrico cintilante envolto em uma nuance floral densa, um pouco frutada e com aroma de mel floral. Entretanto, conforme Mayotte evolui sua segunda fase floral é desequilibrada e desarmoniosa, uma combinação de ylang-ylang, tuberosa e jasmim que possui um aroma canforado, seco, que lembra a parte mais difícil do aroma do cravo e que também remete ao cheiro de repelente. Essa desarmonia compromete a simples porém bela base de sândalo, baunilha e vetiver, um ode discreto a alguns dos elementos chaves dos clássicos da marca mas que parece enterrado na suposta exuberância moderna de sua fase floral intermediária. Mayotte poderia ter sido um sucesso se seu DNA possuísse mais do que a Guerlain sempre teve. Do jeito que ele é, entretanto, é apenas um perfume floral passável, cuja idéia básica é encontrada feita de forma mais adequada em Annick Goutal Songes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here