Pesquisar este blog

30 de out de 2011

Kokorico - Jean Paul Gaultier Review (English/Português)


Notas: fig leaf, cacao, patchouli, cedar, vetiver

Avaliação Pessoal/Personal Note: 6,5

Português: o sucesso de um perfume no mercado comercial ultimamente depende muito mais de uma imagem forte do que de um conteúdo impactante; não há preocupação em oferecer novidades ao consumidor, em explorar nuances olfativas diferentes ou materiais novos, o que importa é chamar a atenção ou pelo uso de uma celebridade na campanha de lançamento ou por um frasco chamativo e um nome diferente ou ainda por uma imagem sensual na beira do sexual. Jean Paul Gaultier era das poucas grifes que conseguia se utilizar dessas técnicas e ainda produzir aromas acima da média, mas Kokorico aponta uma mudança de direção na grife após a passagem para a administração da PUIG, colocando-a como mais uma no mercado que favorece a imagem em lugar do conteúdo. O que mais chama a atenção em Kokorico é o frasco, que explora lateralmente a forma do frasco Le Male ao mesmo tempo que de frente forma a cabeça de um homem, o nome, que expressa o canto do galo, e uma associação sensual de uma virilidade masculina jovem. Tirando-se esses aspectos, não há nada que mereça destaque em Kokorico. Seu cheiro é simples, direto, medianamente durador e uma soma das tendências que já são exploradas ultimamente. Ele mistura um aroma gourmand, uma base amadeirada e um toque frutal verde. Sua composição parece se inspirar em perfumes como Thierry Mugler B*MEN, Guerlain L'Instant Pour Homme, Paco Rabanne Black XS e O Boticario Malbec. E o resultado dessa colagem de inspirações é uma saída de cacau levemente amarga e similar ao L'Instant Pour Homme, que rapidamente se mistura ao frutal verde das folhas de figo. O Patchouli usado é similar ao existente em Black XS, porém desprovido das o cheiro frutal azedo que faz parte do Black XS e a  mistura com o figo e o cacau também remete a um BMEN um pouco menos intenso. A base amadeirada em alguns momentos remete a um cheiro de agarwood genérico ao mesmo tempo que se confunde um pouco com a base amadeirada existente no Malbec. No fundo, Kokorico precisa de sua imagem chamativa e de seu nome, pois tirando-se o que causa sua polêmica não há nada que o diferencie dos outros existentes nas prateleiras atuais.

English: the sucess of a fragrance on the commercial lately depends much more of a strong image than a impacting content; there isn't the concern in deliver novelties to the consumer, in exploring differing olfactive nuances or explore new materials, what matters is draw the attention or using a celebrity at the launchment campaign or using a flashy bottle and a distinct name or even link it with a sensual image at the edge of sexual. Jean Paul Gaultier was one of the few brands that was able to use those techiniques and still produce aromas above the average, but Kokorico points into a change at the direction of the brand after the move into the PUIG management, placing it as just another one at the market that favors the image instead of the content. What best draws the attention on Kokorico is the bottle, that explores sidewards the shape of Le Male's bottle at the same time that produces a man's head at a front view, the name, that express a rooster's cry, and a sensual association of it with a young manhood virility. Taking out those aspects there is nothing that impresses on Kokorico. Its smell is simple, direct, averagely lasting and a sum of the tendencies that are already explored lately. It mixtures a gourmand aroma, a woody base and fruity and green touch. Its composition seems to take its inspiration on fragrances like Thierry Mugler B*MEN, Guerlain L'Instant Pour Homme, Paco Rabanne Black XS and O Boticario Malbec. And the result of this inspiration collage is an opening of cacao slightly bitter and similar to L'Instant Pour Homme, that quickly blends into the green fruity of fig leaves. The Patchouli used here is similar to the existing in Black XS, however it's devoid of the bitter fruity smell that makes part of Black XS, and the mixture with the fig and cacao also refers to a less intense B*MEN. The woody base at some moments recalls a generic agarwood aroma at the same time that looks a little like the woody base existing on Malbec. In the end, Kokorico needs its flashy imagem and its name, because taking out what causes its polemic there is nothing that distinguishes it from the others already at the current shelves.



4 comentários:

Caio disse...

Já eu achava que o Kokorico ia revolucionar totalmente. Uma pena né? Eu preciso sentí-lo. Mas creio que vai demorar para encontrá-lo facilmente por aqui. Eu sou meio suspeito para falar de perfumes atuais, visto que os meus preferidos são o Euphoria Intense e o Emporio Armani Diamonds, então vou sentir assim que possível e dou minha impressão pra ti! =)

GRANDE blog Henrique. Fiquei lendo horrores ontem! Hahahaha

Abraços!

Henrique/Rick disse...

Caio, eu acho que agora não é um período revolucionário, exatamente por conta da crise. Nenhuma marca tem se arriscado a investir dinheiro em um produto que pode se tornar tanto um sucesso como um fracasso de vendas. Kokorico vai nessa linha, uma mistura de tendências com uma imagem mais chocante. O cheiro é o que consumidor já conhece e gosta, mas talvez ele funcione melhor para quem não tenha o costume de testar as fragrâncias existentes no mercado. Parece que ele vai ser lançado só ano que vem, pelo menos é os planos da marca para o mercado das Américas.

Obrigado pela visita, espero que a leitura tenha sido proveitosa :)

Abraços!

Feellingood disse...

Nossa , qdo esse perfume foi lancado fiquei meio impressionda pelo nome e frasco muito estranhos ..imaginava uma coisa pra abalar rsrsr . Pena que não trouxe novidade ne? suas resenhas sao incriveis !!

bjos

Neide Marinho (app)
http://feellingood.com.br

Agenor studart neto studart disse...

Esse perfume é indicado para noite ou dia? Clima quente ou frio? Ouvi dizer que é do tipo que não agrada a todos. Ele é doce? Obrigado.

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here