Pesquisar este blog

10 de ago de 2011

Blanc des Cottons - Sinfonia di Note Avaliação/Review


Notas: notas florais, lavanda, ambar, baunilha, guaiac wood

O tema escolhido pela marca Italiana Sinfonia di Note é duplamente arriscado. Perfumes inspirados em tecidos e perfumes inspirados em cores brancas costumam ter resultados finais clichês, que dificilmente saem de uma dominância almiscarada e cintilante. Ao aliar os dois, a grife poderia ter produzido mais um perfume almiscarado frutal agradável em um mercado que já está cheio deles, mas o caminho escolhido passa longe disso. O que é proposto em Blanc des Cotons é uma segunda pele radiante e confortável, porém produzida a partir de cheiros que no geral renderiam intensos perfumes.

Blanc des Cotons captura aquele delicioso cheiro que alguns perfumes deixam nas roupas, cheiro que persiste mesmo após serem lavadas e que aparece somente no momento em que o calor do ferro entra em contato com o tecido, espalhando um perfume abstrato e quente pelo ar. Dessa forma, sua aura é abstrata e distante, porém dinâmica e permanente na pele por um bom tempo, produzindo uma interessante aura atalcada, quente e delicadamente doce.

Nos primeiros momentos, esse delicado tecido branco emana um aroma floral abstrato, proveniente de um uso inteligente de aldeídos na saída. Sem estarem associados a nenhuma flor ou fruta, os aldeídos conferem uma aura abstrata floral que retorna a vida com o calor da pele. Após essa primeira impressão, a aura evolui para uma aconchegante dominância alavandada e ambarina, transparente de uma forma difícil de se achar com as duas notas. Baunilha e guaiac wood se mantém de fundo, formando um abaunilhado suave que se combina perfeitamente com a leveza amadeirada do guaiac.

Blanc des cottons possue a clareza da cor branca e a maciez do algodão, mas os extrai pelo meticuloso equilíbrio de dramáticas notas, que aqui sussuram com harmonia enquanto apresentam sua beleza na pele. A temática em si não implica em um perfume intenso e duradouro, e esperar isso de Blanc des cottons seria um pouco injusto. Seu delicado e abstrato floral de contornos doces e amadeirados dura um bom tempo na pele e parece ideal aos dias em que se deseja um cheiro que seja comfortável e de qualidade.


2 comentários:

Daniel disse...

Henrique gostei msm! Muito bom seu blog. Desde que vc o divulga nas comunidades do Orkut tenho lido e acompanhado. Só tenho sentido falta da avaliação final, tipo as estrelinhas no final de cada resenha. Valeu, grande abraço!

Rick disse...

Obrigado pelo retorno Daniel! Nunca me canso de dizer que é importante para mim saber que tem sido útil o que eu escrevo.
Quanto a avaliação final, eu confesso que já pensei em fazê-la, mas tenho receio quanto a isso. Atribuir uma nota a um perfume pode levar alguém a provar ou deixar de prová-lo, criar uma idéia de qualidade quanto a ele e se decepcionar depois. Também fico preocupado quanto a injustiças; as vezes é difícil nivelar um perfume entre os ruins, os medianos ou os incríveis. Com o excesso de produtos, alguns são fácis de atribuir valor, mas outros não, e é exatamente nesse impasse que pode se cometer injustiças.
No momento preferi deixar a avaliação final livre, por conta de quem prova, usando mais a avaliação para despertar o interesse ou prover alguma informação sobre o perfume. Mas prometo que vou refletir sobre o assunto e ver se eu consigo achar uma forma de contornar o que eu disse acima quanto a avaliação final.
Abraços!

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here