Pesquisar este blog

31 de ago de 2011

Andy Warhol Success is a Job in New York - Bond No 9 Avaliação/Review


Notas: coriandro, cardamomo, bergamota, laranja amarga, tuberosa, ameixa, páprica, rosa, jasmim, baunilha, ambar, patchouli

Success is a Job in New York é um dos produtos mais honestos da Bond No 9 e o que chama a atenção nisso é que ele é bem elaborado levando-se em conta isso. O que estampa o seu frasco é o objetivo final da grife, o dinheiro do consumidor. Percebendo fatores chaves que influenciam na compra do consumidor, a grife tem oferecido em boa parte de seus produtos frascos bonitos, bem acabados e atraentes que em geral possuem dentro de si aromas duradouros, mas em muitos casos banais e crus, longes da idéia artística, aromas simples de serem compreendidos e que buscam atrair o dinheiro do consumidor em combinação com os outros elementos. Success is a Job se destaca exatamente por aliar o apelo popular a uma evolução mais luxuosa, complexa, um perfume entre o artístico e o comercial, próximo da idéia do movimento da pop art do qual Andy Warhol fez parte.

O apelo comercial que faz o dinheiro do consumidor ir parar nas mãos da grife é nesse caso a preferência atual por cheiros gourmand. Eles estão presentes do começo ao fim da complexa e intensa evolução de Success na pele. A intensidade das notas e a concentração dele o faz um cheiro potente, a ser aplicado com cuidado na pele, especialmente pelo complexo início de sua evolução. Sucess não perde tempo misturando os elementos especiados da saída com o floral frutal da base, oferecendo uma rica e intensa saída que pretende cativar exatamente pela mistura, mas que pode afastar se não for bem dosada. Moderamente, sucess abre e se mantém por um bom tempo em um aroma frutal açúcarado de ameixa que tem por trás de si uma sensual combinação floral, um misto do canforado da flores brancas e do almiscarado setinoso da rosa. As flores se misturam a idéia e não prevalecem, conferindo mais sua aura floral sensual do que seu cheiro individual e passando a idéia de um floral retrô moderno mergulado em aromas gourmands. Misturado a elas, encontra-se um acorde especiado que não é constante na evolução, prevalecendo em alguns momentos e desaparecendo em outros, provavelmente devido a intensidade do que está junto com ele. A combinação de especiarias é oras seca, oras doce e cremosa, tentando equilibrar a doçura canforada floral que prevalece na pele por um bom tempo. Aos poucos, sucess acenta para um confortável e sempre presente aroma abaunilhado, levemente açúcarado, aquecido por um amadeirado ambarado e canforado que evolui junto com ele na pele e finaliza de forma direta, simples e agradável a intricada saída na pele.

Sucess is a Job in New York não é um aroma óbvio como várias das composições da grife. Sua inteligência está justamente em oferecer um aura doce, popular, mas dar a ela uma evolução mais complexa, uma evolução que é rica e luxuosa mesmo que não crie nada de novo. Sucess consegue ser realmente bem sucedido como seu nome indica, próximo do estilo artístico de quem o influencia e honesto com seu objetivo. Com certeza não é um perfume para todos ou um perfume essencial, mas é um que vale a pena ser destacado entre as várias opções medianas e descartáveis que a grife oferece.

Um comentário:

Mariano disse...

Otima resenha Henrique! é o meu Bond favorito!!

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here