Pesquisar este blog

6 de jul de 2011

31 Rue Cambon - Chanel Les Exclusifs Resenha/Review


Notas: Aldeídos, Bergamota,  Patchouli, Iris, Labdanum, Jasmim

31 Rue Cambon exemplifica uma das linhas que a maison Chanel seguiria comercialmente nos dias de hoje caso a sua fundadora continuasse no comando criativo da casa, clássico e alinhado com a herança da grife. Inspirado em seu apartamento em Paris, que ficava acima do andar da sua loja, 31 Rue Cambon é uma exploração criativa da herança que Coco Chanel nos deixou na perfumaria, por meio de elementos que constantemente aparecem em suas primeiras criações. O interessante é a forma como essa construção é feita, atualizando somente o necessário na proporção entre os cheiros para manter um certo ar retrô, alinhando-o com uma execução mais moderna. Ainda que classificado como um chypre, 31 Rue Cambon é complexamente arquitetado e parece conter elementos das famílias floral, floral aldeídico e oriental também. Como um cômodo olfativo planejado, exploramos seu cheiro nos movendo por suas facetas na pele. A primeira delas talvez seja a mais interessante, como uma saída complexa e mutante na pele dependendo do dia; a combinação de aldeídos e bergamota as vezes se transforma em um bouquet cítrico cintilante, sutilmente atalcado, e as vezes parece evocar uma aura frutal fresca abstrata; ao avançarmos por seu espaço olfativo, é possível notar um bouquet de jasmim e iris, que se relaciona com a aura floral controladamente atalcada, sutilmente indólica e primaveril que aparece em diferentes intensidades nos clássicos da grife. Irradiando luz nesse ambiente olfativo está uma base de patchouli e labdanum, feita para cria uma aura adocicada, cremosa, de uma nuance incensada fresca e de um amadeirado que também parece ter um levemente tratamento doce. O patchouli, em meio a tão ricas notas, é estruturado de forma que seu típico ar canforado e doce é retido de forma somente essencial, para evocar o aspecto chypre sem necessariamente conferir uma ligação óbvia com um a maioria dos chypres modernos. Complexo, multifacetado e inteligente, 31 Rue Cambon é, como muitos dos clássicos da Chanel, aquele perfume elegante e de qualidade que  se mostra atemporal, resistindo e sendo, muitas vezes, superior as tendências recorrentes no mundo da perfumaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here