Pesquisar este blog

18 de jun de 2011

Life Threads Sapphire - La Prairie Resenha/Review


Notas: Folhas Verdes, Abricó, Jasmim, Frésia, Gardênia, Narciso, Ambar, Sândalo, Ambar, Madeiras Brancas

Há algumas formas fáceis de se contruir uma imagem impactante e desejada para um perfume. A mais óbvia delas utiliza a sensualidade e coloca a fragrância como um elemento essencial e decisivo na conquista, utilizando-se em geral de uma campanha publicitária forte para construir uma imagem sexy de um perfume que muitas vezes não chega nem perto disso. Em outros casos, é possível vender uma idéia luxuosa, exclusiva, de um elixir único, feito com os melhores ingredientes, capaz de satisfazer suas fantasias perfumadas. A série de perfumes Life Threads da La Prairie tenta unir os dois universos e criar uma coleção de fragrâncias inspiradas em metais e pedras preciosas e que ofereçam uma experiência sensual e luxuosa a quem os usa. Ainda que a idéia pareça estar melhor executada no frasco, embalagem e campanha propostas, a coleção é coerente e oferece uma boa execução comercial luxuosa centrada na maioria dos casos em aromas florais.

Sapphire é a execução olfativa luxuosa de uma das pedras preciosas de uma cor azul exuberante e intensa. A temática azul da pedra preciosa poderia ter levado a grife a criar mais um desses aquáticos florais descartáveis que existem em abundância atualmente. Felizmente, é mantido uma execução floral intensa, que produz de forma mais doce um floral clássico, provavelmente para agradar o gosto da cliente atual e oferecer a ela uma idéia mais sofisticada. Essa pedra preciosa floral brilha primeiramente com um intenso jasmim verde, não indólico, combinado ao frescor primaveril da frésia. As folhas verdes prometidas são um pouco ofoscadas pela abertura floral densa, porém elas estão presentes com um delicado aroma verde que combina perfeitamente com o jasmim. O acorde de gardênia escolhido parece favorecer o lado mais doce da flor ao invés do aspecto mais indólico; o que poderia acabar em um acorde de gardênia perigosamente perto de um cheiro cosmético barato consegue ser sólido e elegante. Após as primeiras horas de intenso floral, o nariz parece se acostumar a essa safira aromática, percebendo somente um discreto aroma amadeirado, almiscarado e ambarado.

A fantasia preciosa de flores e madeiras da grife é satisfatoriamente atingida em Sapphire. Mesmo que esse luxo não seja inovador, ele é voltado para um consumidor que tem sido constantemente negligenciado pelo mercado, focado mais em conquistar o dinheiro e atenção do público jovem e se esquecendo do público mais adulto que busca qualidade nos perfumes que compra. À consumidora ou consumidor que procura um floral ambarado, denso, de nuances doces,  Sapphire pode ser a opção que transforma sua fantasia por um produto assim em realidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here