Pesquisar este blog

8 de jun de 2011

A*MEN Pure Coffee - Thierry Mugler Resenha/Review


Notas: Café, musk, baunilha, patchouli, cedro, vetiver

O super-herói do mundo amadeirado-gourmand A*Men parece ter se humanizado com o tempo e adquiro alguns hobbies. É o que sugere Thierry Mugler com a série Pure, iniciada em 2008 com A*Men Pure Coffee. Thierry Mugler se utiliza de outras técnicas de extração ou amadurecimento de aromas dentro dessa série, reproduzindo de uma forma mais focada e detalhada partes do complexa idéia original. Em Pure Coffee, há um cuidado especial em reproduzir o aroma do Café Colombiano, combinando-o com a seção amadeirada tradicional, em um perfume que em vez de criar o choque do super-herói original busca o comforto de um gosto de seu lado humano.


Pure Coffee acentua de uma forma quente e invernal o lado torrado e amadeirado do café. O café aqui possui uma nuance mais verde, e remete mais ao cheiro dos grãos do que ao aroma da bebida em si. É possível perceber uma harmonia entre ele e o patchouli, que contribui com uma leve sugestão de um chocolate amargo que completa esse aspecto do café. Cedro e vetiver criam o ambiente amadeirado seco que o cerca, enquanto que baunilha e musk dão a cremosidade, doçura e conforto vanílico a ele. É interessante que Pure Coffee seja mais sutil que o Amen tradicional. Há um cuidado para que a composição se harmonize do começo ao fim ao redor do café, para capturar sua riqueza de detalhes, mesmo que isso o torne menos intenso, mais rente a pele.

Pure Coffee consegue fazer o que B*MEN falha, ao criar um perfume que não parece inferior ao original, e sim uma variação sinfônica e de personalidade dele. Pure Coffee cria uma harmonia ao redor de aromas secos, amadeirados, torrados, sem precisar se apoiar numa imagem gritante como B*MEN tentou se apoiar sem sucesso. A simplificação ao redor da temática do café foi capaz de criar, e infelizmente numa edição limitada, um dos perfumes mais fiéis ao cheiro na perfumaria comercial. Torçamos para Mugler mude de idéia e o torne parte da linha fixa.

Um comentário:

Leandro disse...

Parabéns pela resenha do pure coffee. Você é sempre muito claro e realista.
Depois de ler esta resenha resolvi comprar o pure coffee. É um caro investimento, mas vale cada centavo.
É realmente um perfume muito harmônico. Nos primeiros minutos as notas de café torrado são agradavelmente mais intensas. Depois de umas 2 horas o café fica mais suave e sinto uma semelhança com o A*men tradicional, como se fossem irmãos. Diferentes mas dividem o mesmo dna.Muito bom.
Obrigado pela resenha, me fez comprar um perfume fantástico! Um verdadeiro irmão de meu perfume preferido, mas com um bela personalidade.
Junto com o pure coffee, comprei o A*men taste of fragance. Gostaria de ler sua opnião sobre ele. Não formei ainda uma opinião sobre ele, mas senti uma intensa nota de pimenta nele logo de início, por isso me assutou um pouco.
Um garnde abraço e parabéns pelo blog.

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here