Pesquisar este blog

7 de mai de 2011

Serge Lutens Boxeuses - Resenha/Review



Notas: Couro, Ameixa, Alcaçuz, Notas Amadeiradas

Após o lançamento de L'Eau, que parecia mais uma tentativa de capitalizar o mercado asiático com um lançamento comercial, aquático e desinteressante, parecia pairar uma dúvida no ar quanto a capacidade criativa de Serge Lutens ou o desejo de continuar lançando criações capazes de agradar ao seu público fiel, mais receptivo de seu estilo rico em contrastes e inspirado no mundo árabe. É interessante que Boxeuses tenha sido lançado no mesmo ano, pois a temática e as notas utilizadas nele parecem exatamente uma resposta a essa questão.


Boxeuses é inspirado no mundo do boxe e é uma visão artística do cheiro de uma boxeadora, descrita mais pela grife por associações do que por notas. Essa boxeadora, na verdade, vem para o ring para defender a grife num cenário de luta onde há competidores fortes, como Frederic Malle e Amouage, por exemplo. Mas, em vez de se utilizar de ténicas exóticas e que chamem a atenção, essa boxeadora parece seguir utilizar golpes clássicos da grife. Boxeuses resgata o floral frutal suculento e açúcarado de feminite du bois e o combina com um couro retrô em seu cheiro, com uma faceta seca/ambarada e quase atalcada típica de clássicos do gênero, como Knize Ten e Cuir de Russie da Chanel. Esse golpe, na verdade, parece ter sido ensinado por seu irmão mais velho, Cuir Mauresque, que possui um couro similar com uma abordagem mais intensa. Boxeuses acaba utilizando o golpe de seu irmão e a ameixa de sua avó de forma mais delicada, com golpes aromáticos rápidos e certeiros. Sua sustentação nessa luta é proveniente de uma base amadeirada abstrata combinada a um aroma especiado quente, este também clássico, remetendo remotamente ao acorde de cravo encontrado em l`heure bleue.

É difícil prever, do ponto de vista comercial e artístico, se Boxeuses é o melhor representante nessa luta, da qual o maior vencedor será sempre o consumidor, o qual tem a diversidade de aromas e interpretações dos mesmos para usar de acordo com o seu gosto. É, entretanto, uma representação de que Serge Lutens ainda está interessado nessa luta e de que ele não abandonou suas técnicas. Ainda mais, a mistura de estilos aliada a leveza talvez represente que Boxeuses é uma tentativa de unir mundos diferentes, comercial e artístico, e apresentar aromas que satisfazem ao olfato mas que podem ser usados com mais frequência do que várias de suas exóticas e saturadas composições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here