Pesquisar este blog

17 de mai de 2011

Bois Oriental - Serge Lutens Resenha/Review


Notas:  violeta, pêssego, ameixa, cardamomo, canela, cravo, cedro, baunilha, musk, estoraque

Apesar de cativar fãs ao redor do mundo com suas criações artísticas, que variam do intenso ao delicado e sutil aroma, os perfumes de Lutens muitas vezes são vistos com certo desdém por alguns, devido a ausência do seguimento do modelo tradicional de um perfume, que evolue em camadas, como numa pirâmide olfativa, e onde cada camada costuma ter elementos que progridem, indo do mais leve ao mais suave. Os perfumes de Lutens, entretanto, desde seu início mostraram uma evolução panorâmica, onde é possível perceber rapidamente diversos aspectos intensos, apresentando uma certa linearidade que devido ao uso de notas  marcantes acaba sendo mais complexa do que a princípio parece, com várias delas tornando-se mais evidentes em alguns momentos dentro do todo, como se os olhos focassem em um detalhe, para depois integrarem novamente o fundo dele.


É provável que a sua vivência com a cultura árabe do Marrocos,aliado ao desconhecimento das regras que ditavam o processo criativo de um perfume tenham ocasionado tais características. E se, a princípio elas foram vistas de forma crítica, hoje é interessante notar o quão vanguardista elas foram, pois no momento atual da perfumaria comercial é possível notar cada vez mais em evidência a criação de fragrâncias em estilo minimalista onde algumas notas marcantes são misturadas para compor o resultado final, que cada vez menos segue a estrutura piramidal. Entretanto, é raro que saiam criações que unam tais características com os aspectos artísticos que Lutens demonstrou desde o início, de fragrâncias completas em si mas que, quando vistas juntas, formavam um tema ainda mais complexo, como partes de um mesmo cenário que se enquadram perfeitamente. Em 1992, ano do ínicio de sua coleção exclusiva parisiense, Lutens demonstrou exatamente esse conceito ao criar 4 fragrâncias que desconstruíam o seu complexo, dinâmico e marcante feminite du bois em diferentes faces dele. Bois Oriental, um dos integrantes dessa panorâmica particionada, nos oferece uma visão mais clara da camada de fundo do Feminite, a que, para a época, inovou ao apresentar um cheiro amadeirado que era uma parte principal importante da fragrância e não somente um detalhe da base.

Talvez exatamente por apresentar com clareza o complexo plano de fundo da base é que Bois Oriental seja, entre os Lutens disponíveis atualmente, o que mais se aproxime da antiga versão do Feminite du Bois.Nele, é possível perceber o aspecto amadeirado do cedro marroquino com mais clareza, uma madeira trabalhada aqui sob seu aspecto seco, quase chypre. Baunilha, ambar e estoraque envolvem o cedro, envolvendo sua secura para que ela não se torne desconfortável. Nessa versão é ainda possível perceber as frutas e especiarias, marcantes em Feminite, de forma menos evidentes, numa curiosa evolução onde tais se tornam evidentes somente após a aparição inicial do cedro. É possível perceber o adocicado maduro e açucarado da ameixa em combinação com o suave do pêssego e uma mistura especiada oriental de cardamomo, cravo e canela.

Bois Oriental, assim como seu originador, remete a outros femininos criados posteriormente a ele, como o frutal especiado Dolce Vita e a intensa e complexa selva de especiarias, frutas e cominho de Kenzo Jungle Elephant. É interessante que Bois Oriental não pareça somente um projeto derivado, uma parcela de um lançamento amadeirado feminino inovador; pelo contrário, o enfoque nos aromas da base exemplificam exatamente uma linearidade complexa que gira ao redor de madeiras, frutas e especiarias sem parecer inacabada. Bois Oriental, junto com os outros 3 da linha, era apenas uma demonstração de que o resultado obtido por Lutens em Nombre Noire e Feminite du Bois não era apenas uma questão de sorte, e sim resultado de uma combinação que envolve talento, criatividade e um sensível olhar para o mundo dos aromas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here