Pesquisar este blog

7 de abr de 2011

Les Elixirs Charnel Oriental Brulant - Guerlain

Notas: Baunilha, Fava Tonka, Estoraque, Amêndoas Brancas

Não julgue Oriental Brulant pela cor.Seu rosa claro sugere um perfume adocicado juvenil, alegre, perfeito para garotas que acabaram de se tornar adultas. E as impressões nesse caso enganam, e nesse caso a surpresa é muito boa. Oriental Brulant é um exercício de equilíbrio entre doçura e mistério. Criado como um perfume que simboliza a mulher sensual, de intenso desejo, ele é capaz de trazer o aspecto fatal que Chypre Fatal não consegue, e ainda sim se adequando perfeitamente a uma estética moderna, fora da tradição Guerlain mas feita com maestria por Christine Nagel, a perfumista responsável pela linha Elixir Charnel.


Christine Nagel é conhecida por seus perfumes orientais únicos, que equilibram especiarias, notas ambaradas, resinas e notas doces de uma forma harmônica e marcante. Em Oriental Brulant, ela usa sua experiência e produz um perfume que nunca suaviza e parece pulsar na pele de uma forma bem natural. Há uma contradição entre algo sensual, misterioso, quase religioso e algo carnal, inocente em Oriental Brulant. Misterio e sedução se unem nessa adocicada e incensada fragrância. O estoraque é a espinha dorsal desse panorama de sensualidade olfativa, criando um ambiente adocicado, resinoso, de um incensado aéreo que permite a percepção perfeita das outras notas. As Amêndoas brancas possuem um lado mais amargo, um pouco salgado, que remete a princípio a Le Baiser du Dragon da grife Cartier, mas que vai por um caminho menos seco e desafiador. A Baunilha e a Fava tonka criam uma base que tem a herança do maior oriental da marca, o perfume shalimar, porém sem o lado atalcado e sem a aura mais vintage. O aroma abaunilhado amendoado que resulta dessa combinação vem e vai frequentemente combinados ao estoraque a amêndoa, e a interação entre cada aspecto do perfume mostra que essa mulher domina muito bem o jogo de sedução ao qual se propõe.

Oriental Brulant é um rosa que de inocente ou bobo nada possui. O perfil alegre e juvenil da linha é intepretado por Gourmand Coquin, ao passao que Oriental Brulant personifica a mulher sexy, moderna e que porém sabe interpretar o que é clássico de acordo com a sua personalidade. Entretanto, esse é um jogo de sedução que pode ser perfeitamente feito pelo público masculino também. Aos que conseguirem ignorar a cor do frasco e provar sem preconceitos, Oriental Brulant pode se mostrar com um amadeirado incensado gourmand extremamente sensual na pele masculina. E isso evidencia que, entre os elixirs charnels, esse é um dos que possui uma grande quantidade do DNA da marca, pois não são poucas as suas criações que, como obras de arte complexas, convidam ao uso compartilhado por ambos os sexos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here