Pesquisar este blog

9 de fev de 2011

L'Heure Mysterieuse XII - Cartier

Notas:
Jasmim, patchouli, coriandro, elemi, incenso, noz moscada

Dos 5 perfumes lançados inicialmente pela Cartier em sua linha exclusiva, L'Heure Mysteriueuse é o que possue o ar mais misterioso, que combina perfeitamente com o seu nome. Os números em algarismos romanos permitem interpretações olfativas tanto das horas matutinas ou vespertinas do dia, e a impressão que se tem com Mysterieuse é de que a perfumista capturou perfeitamente uma meia-noite densa, negra, mística.
L'Heure Mysteriuse possui um forte tema de especiarias e incenso do começo ao fim de sua evolução. As especiarias aqui possuem um aroma fechado, seco, enquanto o incenso se aproxima de ter uma conotação religiosa, sem contudo adquirir os contornos animálicos que essa nota pode ter em composições litúrgicas. Essa é uma meia noite oriental, arábica, com direito a especiarias de qualidade e um bom incenso arábe.

A princípio, tem-se um aroma denso de coriandro e noz moscada, que dão a abertura especiada, seca e picante do perfume na pele. Quase têm-se a impressão de um cominho que perdeu todo o seu cheiro que induz a lembrança do aroma corporal, mantendo somente a parte mais apimentada. A densidade de especiarias aos poucos se clarifica com o aparecimento de um floral de nuances brancas e cítricas, de um jasmim próximo ao cheiro de uma flor de laranjeira sem contornos carnais ou intensos. É como se por trás de véus especiarados essa meia noite escondesse uma sensual e jovem princesa flor.

Essa flor brinca com os contornos incensados e resinosos que o perfume adquire na pele após umas 3 horas, se dissolvendo neles de forma a não notarmos em que momento ela desaparece. O incenso retoma a névoa formada pelas especiarias, dando um ar amadeirado seco e esfumaçado ao final da composição, com nuances de algo que se aproxima de um ambar amadeirado. O patchouli possui um cheiro seco, um pouco salgado, e a resina de elemi parece diminuir o a secura e densidade do incenso e patchouli, apresentando um sutil cheiro cremoso e adocicado.

Essa meia-noite misteriosa é envolvente e densa, uma das horas de melhor fixação na linha inicial exclusiva da Cartier. A marca caprichou em um tema dark, onde cada elemento forma um belo quadro noturno e misterioso, que parece um pouco assustador a princípio, mas que é bem agradável em sua densidade incesada especiada. É um perfume de luxo condizente com seu posicionamento exclusivo e um dos destaques da linha, a ser provado por todos os amantes de incenso e especiarias.

2 comentários:

Dâmaris OBS disse...

Que tentação, Rick

que tentação!

"Vambora" prá Europa ficar perto disto, vamos! rsrs

bjs

Rick disse...

Pra quem gosta de especiarias, é realmente tentador mesmo :)
Mas uma boa tentação, eu diria rs

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here