Pesquisar este blog

26 de fev de 2011

Ambre Ceruleen - Huitieme Art

Notas:
Opoponax, Fava Tonka, Sândalo, Extrato Orgânico de Verbena dos Marrocos

Há sempre uma certeza quanto a coleções de perfumes lançados simultaneamente e dentro de um mesmo tema. Ela é a de que, dentro desse grupo, um perfume se destacará como o mais interessante e diferente, ao passo que um ou dois outros serão os mais fracos, que parecem atingir de forma muito insatisfatória o que foi proposto. Ambre Céruléen se enquadra nesse último grupo. Um dos méritos da marca é que mesmo o mais fraco da coleção ainda tem uma qualidade acima da média, uma boa fixação e um cheiro agradável.


Ambre Céruléen foi criado para demonstrar o uso da técnica de phyto extração na verbena dos marrocos. E o que mais surpreende é que o perfume não gira, como nos outros da coleção, ao redor desse cheiro. O Aroma da Verbena aparece de forma periférica e curta, como um aroma cítrico herbal nos primeiros momentos. Há algo que remete ao cheiro da loção de praia nesse extrato de verbena, uma sensação bem agradável que remete ao cheiro da praia (e que automaticamente faz esse que vos escreve pensar em férias). A Verbena, entretanto, não se sustenta e os coadjuvantes roubam a cena, exatamente por serem estrelas de peso.Opoponax e sândalo dominam boa parte da composição, criando uma aura que varia entre um talco e um sabonete adocicado, com nuances ambaradas e picantes. A Fava tonka é a última a aparecer na composição, surgindo com seu amendoado usual quando o perfume termina. A impressão que se tem como Ambre Céruléen é de um ambarado atalcado e soapy, algo ligada a um Prada L'Eau Ambree feito com materias de melhor qualidade.

O maior problema de Ambre Céruléen é, assim, a incapacidade de atingir seu objetivo. Ele funciona bem como um perfume ambarado, um oriental de nuances atalcadas, resinosas e doces, mas não acrescenta nada de novo. A utilização da técnica só dura poucos momentos, e o desejo que se tem, após o uso na pele, é que esses momentos durassem muito mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here