Pesquisar este blog

24 de nov de 2010

Chamade Pour Homme - Guerlain

Notas:
Bergamota, pimenta, jacinto, violeta, notas verdes, noz-moscada, madeiras, vetiver, couro



Algumas idéias dentro do mundo da perfumaria, apesar de não serem um sucesso de vendas, acabam gerando variações dentro de uma mesma grife de uma forma interessante. É como se o perfumista, como um artista, fizesse uma série de estudos sobre um determinado tema, fazendo variações de luz, cor, intensidade, e criando assim obras diferentes, linkadas entre si pela mesma aura que possuem.

Chamade Pour Homme foi lançado em 1999 e posteriormente reintroduzido na coleção exclusiva Les Parisiennes, vendida somente na Guerlain de Paris e em algumas poucas lojas luxuosas selecionadas. Junto com Coriolan, L'Ame d'Un Heros e o récem adicionado Arsene Lupin Dandy (a ser resenhado em breve), forma uma série de estudos de aromas masculinos com uma aura mais clássica aplicada com uma leveza moderna. Enquanto Coriolan é o general chypre clássice, L'Ame d'Un Heroes seu fantasma mais especiado e aromático, Chamade Pour Homme é o sobrinho de 25 anos com um lado romântico, apreciador de flores. Ainda que mais maduro, desejoso de aromas mais clássicos e masculinos, as flores lhe atraem e ele tenta conciliar os dois temas.

A temática cinza dos outros perfumes da mesma saga é mantida em Chamade, com uma aura seca, envelhecida, um aroma que se aproxima de um tom outonal de folhas e madeiras quase sem vida. Nesse caso, há um colorido quente, verde, de flores que mudam, aromaticamente, a ordem das estações e anunciam uma primavera eminente. O aroma cítrico é direto e simples, sem o aroma do limão e focado agora na interação entre a bergamota e a pimenta. O centro desse romântico rapaz é uma combinação do aroma metálico, verde, da violeta com o aroma primaveril, que lembra o cheiro de pólen, do jacinto. A noz moscada é menos evidente do que nos outros dois perfumes, e o aroma das flores é balanceado por uma base onde o cheiro do couro balanceia as flores, para que elas não assustem a homens não acostumado com o aroma floral masculino. O vetiver as madeiras acabam funcionando como notas auxiliares, que conferem um aroma amadeirado abstrato.

Chamade Pour Homme é o destaque entre a série olfativa. O aroma das flores confere uma personalidade mais distinta a estrutura de cítricos-especiarias-madeiras, sem desfigurar seu caráter clássico. Infelizmente ainda parece um pouco suave, e poderia ser mais interessante ainda se houvesse mais intensidade na idéia que se revela de uma forma discreta na pele. Mas, assim como uma bela obra de arte que aos olhos de quem vê poderia ser melhor, é difícil não apreciá-lo pela sua beleza própria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com relação a postagem? Escreva aqui
Comments related to the post? Write them here